Repositório Digital

A- A A+

Entre o naturalizado e o desnaturado : deslizamentos de sentido em releituras de provérbios

.

Entre o naturalizado e o desnaturado : deslizamentos de sentido em releituras de provérbios

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Entre o naturalizado e o desnaturado : deslizamentos de sentido em releituras de provérbios
Autor Domingues, Maria Alice Pinto
Orientador Indursky, Freda
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Licenciatura.
Assunto Análise do discurso
Formação discursiva
Provérbios
Resumo Neste trabalho, objetiva-se proceder a uma análise de cunho discursivo do discurso proverbial – tomando por ferramentas alguns conceitos-chave da AD francesa – em específico, enquanto recorte, de dois provérbios e algumas de suas releituras, procurando mostrar os deslizamentos de sentido aí implicados, o processo de desvio através do qual os dizeres migram, deslocam-se, mudam de posição dentro de uma mesma Formação Discursiva e até, dependendo do grau em que tal desvio se dê, passam aos domínios de outra, oposta, concorrente. Também abordamos a questão das diferentes tomadas de posição do sujeito, propostas por Michel Pêcheux, no que tange ao referido processo de deriva dos sentidos. Identificamos dois tipos de desvio, no que concerne, especificamente, às releituras de provérbios, baseados, ambos, em jogos de linguagem, a saber: lúdico (o jogo pelo jogo) e militante (o jogo com objetivo). Buscamos então apresentar, relacionando com nossa questão maior (a mudança) duas estratégias opostas, postas em ação, via de regra, quando da deriva dos sentidos, quais sejam: Captação e Subversão, ambas inerentes ao desvio dito militante. Por fim, tentamos apontar enquanto uma propriedade do discurso proverbial o trabalho marcadamente imagético, a produção, via língua, de verdadeiros “quadros significativos”, em cuja composição propomos, como hipótese, uma superposição de camadas, uma latência de sentidos, o que seria uma explicação possível para a grande capacidade expressiva, a despeito do sintetismo da forma, dos exemplares de linguagem que nos propusemos a analisar aqui.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/31926
Arquivos Descrição Formato
000785210.pdf (257.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.