Repositório Digital

A- A A+

A arquitetura do grupo do Paraná 1957-1980

.

A arquitetura do grupo do Paraná 1957-1980

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A arquitetura do grupo do Paraná 1957-1980
Autor Pacheco, Paulo Cesar Braga
Orientador Pereira, Claudio Calovi
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura moderna
Brutalismo arquitetonico
Obras e projetos
Resumo Esta tese analisa a arquitetura produzida nas décadas de 1960 e 1970 por um grupo de jovens arquitetos residentes em Curitiba e ligados ao recém fundado Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Paraná (1962). Sem qualquer tipo de organização oficial, conformava-se por alguns poucos professores vindos dos grandes centros do país para atuar no CAU UFPR e por alunos recém formados nas primeiras turmas deste curso. Entre os professores imigrados estavam alguns paulistas graduados pela Faculdade de Arquitetura Mackenzie que haviam colaborado intensamente com arquitetos de renome em São Paulo, entre estes: Fábio Penteado, Eduardo Kneese de Mello e Pedro Paulo de Mello Saraiva. Organizados em torno do CAU UFPR estes arquitetos professores e ex-alunos realizariam trabalhos em grupos abertos e alternantes, com destaque para a participação sistemática em concursos de arquitetura, modalidade de projeto em que receberiam grande quantidade de prêmios, alguns destes resultados em obras importantes como os edifício-sede da Petrobrás (1968) e do BNDES (1974), ambos construídos na esplanada do Santo Antônio, no Rio de Janeiro. Estes arquitetos que repentinamente despertam atenção nacional seriam denominados pela crítica por Grupo do Paraná. Ao longo das décadas de 1960 e 1970 criam uma arquitetura de cunho brutalista bastante próxima à realizada pela Escola Paulista, na cidade de São Paulo. O objetivo da tese é analisar a obra produzida pelo Grupo do Paraná, no período citado e, comprovar que sua arquitetura, embora semelhante e contemporânea à Escola Paulista se mostrava, em boa parte, distinta e original. Por fim, esta tese também pretende defender que a arquitetura do Grupo do Paraná, por sua ligação com o ensino e com o aprendizado, por suas características de atuação, volume, longevidade e estética resultante, pode ser entendida segundo as mesmas características da Escola Carioca e Paulista, ainda que em escala menor.
Abstract The purpose of the thesis is to analyze the architecture produced in the 1960s and 1970s by a group of young architects whose lived in Curitiba on that time, fresh architects from the newly established course of Architecture and Urbanism of Universidade Federal do Paraná/ CAU UFPR (1962). With any official status, this group was made by young architects graduated from the first classes of this course and few professors coming from the biggest cities of the country to teach at CAU UFPR. Some of them graduated at Mackenzie University and worked closely to the well known architects in Sâo Paulo, among them: Fabio Penteado, Eduardo Kneese de Mello and Pedro Paulo de Mello Saraiva. Organized around the CAU UFPR, these architects, teachers and students used to work for different kinds of open groups, mainly to join architecture's contests, competitions, working on projects wich they would win several awards. Some of these winning projects, became important buildings such as: the headquarters of Petrobras (1968) and BNDES (1974), both builded at the Esplanada do Santo Antônio, in Rio de Janeiro. Those architects who suddenly attracted national attention would be called by the critics, “Group of Paraná”. Throughout the 1960's and 1970's they did developed a brutalistic architecture quite similar to the performed by the Escola Paulista, in São Paulo. The main point of this thesis is to analyze the work produced by the Group of Paraná, in the mentioned period, and demonstrates that this architecture is very similar to the Escola Paulista but, at the same time, distinct and original. Finally, this thesis also intends to discuss the architecture of the Group of Paraná, in connection with the teaching and learning, by their ways and means, size, longevity and aesthetic results, can be understood as the same characteristics of the Escola Carioca and Escola Paulista, although of being made on a smaller scale.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/31984
Arquivos Descrição Formato
000785286.pdf (41.29Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.