Repositório Digital

A- A A+

O acompanhamento terapêutico no processo de construção de uma moradia possível na psicose : uma pesquisa psicanalítica

.

O acompanhamento terapêutico no processo de construção de uma moradia possível na psicose : uma pesquisa psicanalítica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O acompanhamento terapêutico no processo de construção de uma moradia possível na psicose : uma pesquisa psicanalítica
Autor Costa, Ana Paula Carvalho da
Orientador Poli, Maria Cristina Candal
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Acompanhamento terapêutico
Desinstitucionalização
Psicanálise
Psicose
Reforma psiquiátrica : Brasil
[en] Desinstitutionalization of madness
[en] Psychoanalysis
[en] Psychosis
[en] Therapeutical attendance
Resumo A presente dissertação constituiu-se no sentido de investigar quais seriam as condições para um processo de apropriação de uma morada, no caso de pacientes ex-internos de longas internações psiquiátricas, portadores de sofrimento psíquico grave e/ou estruturados na psicose. Tal iniciativa nasceu a partir das repercussões que se fizeram presentes em nossa prática clínica, após uma experiência de trabalho realizada em um Serviço Residencial Terapêutico (SRT), na cidade de Porto Alegre. A mesma caracterizou-se pelo atendimento de dois moradores do Residencial, através da prática do Acompanhamento Terapêutico (AT), e nossos objetivos eram, sobretudo, abordar as implicações deste espaço de moradia no processo de desinstitucionalização da loucura. No decorrer da pesquisa, apresentamos os desafios e problematizações presentes nesse projeto, inserido no movimento da Reforma Psiquiátrica, e quais seriam as direções a partir das quais tais sujeitos poderiam habitar uma morada fora do contexto manicomial, de modo inclusivo – proposta que não se dá sem tropeços, considerando o desafio de se criar laços na, por vezes, não menos excludente, vida na cidade. Resgatando as fundamentais contribuições de Freud e Lacan acerca da teoria psicanalítica das psicoses – e afirmando seus efeitos clínico-políticos, significativos, no campo da Saúde Mental -, buscamos afirmar os diferentes modos de tratamento que o psicótico encontra na construção de uma moradia possível: a partir do esvaziamento de um saber, até então exclusivo e absoluto, do lado do Outro, promover assim a afirmação de um saber do lado do sujeito. A construção de uma moradia e de uma presença mais participativa no laço social sendo entendidas, portanto, a partir de um efeito de linguagem.
Abstract The present work aims to investigate the conditions of appropriation of a home in the case of patients with long-term hospitalization, severe psychic suffering and/or structured in the psychosis. This initiative was born from to the effects in our clinic due to a work experience in a Therapeutial Housing Service (Serviço Residencial Terapêutico - SRT) in Porto Alegre, Brazil. This work was characterized by the treatment of two patients derived form the SRT - the method used was Therapeutical Attendance (Acompanhamento Terapêutico) and our main goal were to address the implications of this facilities in the process of desinstitutionalization of madness. Along the research, we present the challenges and problematizations found in the process - which is inserted in the Psychiatric Reform (Reforma Psiquiátrica) - and the direction that could enable this subjects to inhabit a home out of the manicominal context, in a inclusive way - proposal that is not without stumbling, if we consider the challenge of making bonds in the no less excluding life in the city. Having in mind the fundamental contributions of Freud and Lacan regarding the psychoanalytical theory of the psychosis - and stressing their political-clinical effect in the field of Mental Health -, we aim to assert the different kinds of treatment that the psychotic patient finds in the construction of a possible home: from a deflation of a knowledge on the side of the Other, until then exclusive and absolute, promote the affirmation of a knowledge on the side of the subject. The construction of a home and of a more participative presence in the social bond understood, then, as an effect of language.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31995
Arquivos Descrição Formato
000786323.pdf (486.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.