Repositório Digital

A- A A+

Análise de dois empreendimentos educacionais construídos segundo princípios de sustentabilidade, no estado do Rio Grande do Sul

.

Análise de dois empreendimentos educacionais construídos segundo princípios de sustentabilidade, no estado do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de dois empreendimentos educacionais construídos segundo princípios de sustentabilidade, no estado do Rio Grande do Sul
Outro título Analysis of two educational projects built according to principles of sustainability in the state of Rio Grande do Sul
Autor Silva, Maria da Luz Pereira
Orientador Sattler, Miguel Aloysio
Co-orientador Fedrizzi, Beatriz Maria
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Construção civil
Escola
Projeto arquitetônico
Sustentabilidade
[en] Briefing
[en] Educational complexes
[en] Principles of sustainability
Resumo A preocupação ecológica com a conservação dos recursos naturais, a economia de energia e a proteção do meio ambiente recomenda o combate ao desperdício como prática social permanente, e não apenas estratégia adotada em momentos de crise econômica ou de conflitos políticos. Essa crescente preocupação com fatores ambientais faz surgir a avaliação do desempenho ambiental dos edifícios, indicando medidas para a redução de impactos através de alterações na forma como os edifícios são projetados, construídos e gerenciados ao longo do tempo. Mesmo assim, apesar dessa preocupação, dentre a construção de todo o tipo de edifícios, as escolas são erigidas de maneira a atender rapidamente a demanda e têm sido executadas com materiais que pouco ou nada demonstram os parâmetros mínimos de sustentabilidade. Compromete-se a saúde física e psicológica de seus usuários, o rendimento escolar dos alunos, adicionando factores tais como os custos da construção, em termos de materiais e técnicas construtivas. As escolas de hoje até que já vão seguindo uma padronização desenvolvida pelas instituições governamentais, mas revelam ambientes físicos com níveis de qualidade e de conforto ambiental mínimos, e que podem ser considerados aquém do desejável em relação a vários aspectos, mas que dizem respeito principalmente à funcionalidade dos espaços construídos e aos materiais e técnicas construtivas. Com esta pesquisa, para além de se querer alargar os estudos já existentes acerca desta problemática, também se aspira conscientizar os órgãos responsáveis pelo projeto, construção e implantação de empreendimentos educacionais. Da mesma forma, pretende-se alertar os projectistas da importância de otimizar alguns princípios de sustentabilidade, já nas primeiras fases do projeto. O projeto arquitetônico faz parte da família de processos de decisão podendo-se considerar as principais fases como programa, projeto, avaliação e decisão, construção e avaliação pósocupação. Mas antes, a conscientização começa por um eficaz processo de briefing. Este, apesar de realizado, é ainda inexato, mas com esta pesquisa pretende-se analisá-lo, em sua aplicação em dois empreendimentos educacionais, construídos segundo princípios de sustentabilidade. Pois um sólido briefing dará origem a empreendimentos escolares sustentáveis, com uma disposição espacial de acordo com a funcionalidade de cada departamento da escola e respectivos usuários, tendo em vista, inclusive, critérios de conforto ambiental. A metodologia de pesquisa é a de estudo de caso, onde as ferramentas aplicadas serão questionários, entrevistas, assim como, observações de traços físicos por levantamento de campo, registros fotográficos, por levantamentos de plantas arquitetônicas e de arquivos. Os resultados obtidos serão comparados tanto com os dados recolhidos através da revisão bibliográfica, assim como pela discussão e constatação de situações de interesse ao tema. Os mesmos possibilitarão propor recomendações para melhorar o processo de briefing que decorre durante as etapas de pré-projeto e projeto de empreendimentos educacionais sustentáveis.
Abstract The ecological concern with the conservation of natural resources, the energy saving and the protection of the environment recommends the combat against waste as a permanent social practice, not just a strategy adopted at moments of economical crisis or political conflicts. This growing concern with environmental factors do appear to assess the environmental performance of buildings, indicating measures to reduce impacts through changes in the way buildings are designed, constructed and managed over time. Despite this concern, among the construction of all types of buildings, schools are erected so as to quickly meet the demands and have been implemented with materials that demonstrate the minimum parameters of sustainability. All these factors above, compromise the physical and psychological health of its users, the academic performance of students, adding factors such as the cost of construction in terms of materials and construction techniques. The schools of today are now following a standardization developed by governmental institutions, but they reveal physical environments with minimum levels of quality and comfort and can be considered less than desirable for several aspects, but mainly relate to the functionality of built spaces, materials and construction techniques. With this research, apart from wanting to extend the existing studies on this issue, it also aims to raise awareness to the enterprises responsible for design, construction and implementation of educational complexes. At the same time, this research intends to show the designers the importance to optimize some principles of sustainability in the early stages of the project. The architectural project is part of the decision making process, taking into consideration the principal stages like the program, project, evaluation and decision, construction and post-occupancy evaluation. But before, the awareness begins with an effective briefing process. This, although realized, is still inaccurate but this research intends to examine its application in two educational complexes, constructed according to the principles of sustainability. On this account, a solid briefing will result in sustainable schools with a spatial disposition in accordance with the functionality of each department of the school and its users, keeping in mind and also including criteria of environmental comfort. The methodology of this research is a case study where the applied tools are questionnaires, interviews, and observations of physical features by the field survey, photographic data, surveys of architectural projects and archives. The results will be compared with data gathered through the literature review, as well as discussion and observation of situations of interest to the subject. They will enable to propose recommendations to improve the briefing process that takes place during the stages of preproject and design of sustainable educational complexes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/32013
Arquivos Descrição Formato
000782145.pdf (10.16Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.