Repositório Digital

A- A A+

Avaliação das práticas de saúde bucal realizadas pelos pais e atividade de cárie das crianças atentidas na clínica infanto-juvenil da Faculdade de Odontologia da UFRGS

.

Avaliação das práticas de saúde bucal realizadas pelos pais e atividade de cárie das crianças atentidas na clínica infanto-juvenil da Faculdade de Odontologia da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação das práticas de saúde bucal realizadas pelos pais e atividade de cárie das crianças atentidas na clínica infanto-juvenil da Faculdade de Odontologia da UFRGS
Autor Souza, Caroline da Costa
Didio, Tatiane Camargo
Orientador Araujo, Fernando Borba de
Co-orientador Luz, Patricia Blaya
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Carie dentaria
Higiene bucal
Odontopediatria
[en] Children
[en] Habits
[en] Knowledge
[en] Oral health
[en] Practice of oral health
Resumo Este estudo teve como objetivo avaliar o conhecimento e as práticas de saúde bucal dos pais e/ ou responsáveis pelas crianças atendidas na Clínica Infanto-juvenil, da FO-UFRGS. Assim como, conhecer alguns aspectos relacionados à saúde bucal destas crianças. Foram avaliados 71 questionários auto-aplicáveis, os quais continham questões sobre dados gerais da criança; condições sócio-econômicas e grau de instrução dos responsáveis; higiene bucal e hábitos alimentares da criança; motivo e frequência de visitas ao dentista. Após, foram coletados os dados de IPV, ISG, prevalência e atividade de cárie das respectivas crianças. Como resultado, obtivemos a predominância de uma população de baixa renda (85,9%) e a média de idade das crianças foi de 7,3 (2,36). As médias do índice de sangramento gengival e do índice de placa visível foram, respectivamente, 20% e 32,8%. Encontramos, também, elevados níveis de atividade de cárie (62%). Com base nos resultados obtidos neste estudo, concluí-se que os pais das crianças atendidas na clínica de odontopediatria da UFRGS ainda não sabem o suficiente sobre cárie dentária para que suas práticas de higiene bucal e dieta sejam satisfatórias e para que os índices de IPV, ISG e atividade de cárie sejam controlados.
Abstract This study aimed to evaluate the knowledge and the oral health practices of the parents and/or responsables for the children attended at the Infanto-juvenil Clinic, of FO-UFRGS,to investigate children oral health parameters. 71 parents were evaluated through a questionnaire self-applied, which had questions around children’s general data, socioeconomic conditions and parent’s level of instruction, oral higiene and nourishment habits, reason and frequency of dentist visits. Thereupon, IPV, ISG, prevalence and dental carie activity of the related children were collected. It was found a predominance of low income at the population (85,9%) and the avarage age was 7,3 (2,36). The mean GBI and VPI were, respectively, 20% and 32,8%. We found high levels of carie activity too (62%). Based on the results from this study, we conclued that the parents of the children attended at the odontopediatria clinic of UFRGS still don’t know enough about dental carie in order to develop satisfatory oral higiene practices and nourishment habits and to control the índex of VPI, GBI and carie activity of their kids.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/32137
Arquivos Descrição Formato
000785594.pdf (1.035Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.