Repositório Digital

A- A A+

Eletrocoagulação bipolar e monopolar na ovariosalpingohisterectomia videocirurgica híbrida utilizando dois portais em felinos hígidos

.

Eletrocoagulação bipolar e monopolar na ovariosalpingohisterectomia videocirurgica híbrida utilizando dois portais em felinos hígidos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Eletrocoagulação bipolar e monopolar na ovariosalpingohisterectomia videocirurgica híbrida utilizando dois portais em felinos hígidos
Outro título Monopolar and bipolar electrocoagulation in ovarysalpingohysterectomy laparoscopy with two portals in healthy cats
Autor Aguiar, Juliana
Orientador Beck, Carlos Afonso de Castro
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Cirurgia veterinaria : Gatos
Hemostasia cirúrgica
Laparoscopia
Videocirurgia : Animais
[en] Laparoscopy
[en] Methods of hemostasis
[en] Vascular sealing
Resumo Neste trabalho foi realizado um estudo comparativo entre duas técnicas de oclusão do Complexo Artério Venoso Ovariano (CAVO), por meio da eletrocoagulação monopolar e bipolar, na ovariosalpingohisterectomia (OSH) de felinos hígidos, realizada a partir da técnica com dois portais na linha média ventral. A OSH é um dos procedimentos laparoscópicos mais realizados na casuística da Medicina Veterinária. Diferentes técnicas tem sido realizadas para a execução deste procedimento, dentre as variações incluem-se o número e a disposição dos trocartes, sendo recente a execução da técnica com dois portais. Os objetivos da pesquisa foram descrever a técnica da OSH em felinos com dois portais, bem como comparar a eficácia da eletrocoagulação monopolar e bipolar na obliteração do CAVO. Foram utilizadas 16 gatas adultas, distribuídas aleatoriamente em dois grupos de oito animais. Os procedimentos videocirúrgicos foram realizados por meio da inserção dos portais na linha média ventral nas regiões umbilical e pré-púbica, com os felinos posicionados em decúbito dorsal. Além da verificação da viabilidade da técnica com o uso de apenas dois portais lineares, foram avaliados e comparados o tempo cirúrgico, a eficácia dos dois métodos de eletrocoagulação, a temperatura corpórea pós-operatória, o débito urinário, a formação de enfisema subcutâneo e volume de CO2. Não houve diferença estatística significativa entre o uso da eletrocoagulação mono e bipolar, utilizados na técnica referida acima, embora clinicamente dois animais tenham apresentado lesões cutâneas após o uso da eletrocoagulação monopolar. Conclui-se que os dois métodos de eletrocoagulação utilizados para oclusão dos vasos ovarianos, através da técnica vídeo laparoscópica com dois portais em felinos, são viáveis, rápidos e efetivos em gatas, porém, a energia bipolar mostrou-se um método mais seguro do que a energia monopolar, devido a complicações por queimaduras cutâneas no período pósoperatório.
Abstract In this paper, a comparative study was made between two techniques of occlusion of the ovarian arterial-venous complex (OVAC) through monopolar and bipolar electrocoagulation in ovariosalpingohysterectomy (OSH) of healthy cats, carried out from the technique with two linear portals in the ventral midline. The OSH is one of the most commonly performed laparoscopic procedures in casuistry of Veterinary Medicine. Different techniques have been carried out to implement this procedure, among the variations of this technique include the number and arrangement of the trocars, considering recent the implementation of the technique with the use of two portals. The research aims were to describe the technique of ovariohysterectomy in cats with two portals, and the comparison of the effectiveness of monopolar and bipolar electrocoagulation in obliterating of OVAC. Sixteen adult cats were used, divided randomly into two groups of eight animals. The laparoscopic procedures were performed through the insertion of the portals in the ventral midline of abdomen in the umbilical and prepubic regions, with cats under dorsal recumbence position. Besides the verification of the viability of the laparoscopic hybrid technique, using only two linear portals, the surgical time, the effectiveness of the two methods of electrocoagulation, the postoperative body temperature, urine output, the formation of subcutaneous emphysema and CO2 volume were evaluated and compared. There was no statistical significant difference between the use of mono and bipolar electrocoagulation, used in the technique mentioned above, although two animals showed clinical skin lesions after the use of monopolar electrocoagulation. We conclude that the two electrocoagulation methods used for occlusion of the ovarian vessels, through video-laparoscopic with two portals technique in cats, are viable, fast and effective in female cats, however, the bipolar energy proved to be a safer method than the monopolar energy, due to complications from skin burns in the postoperative period.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/32624
Arquivos Descrição Formato
000787859.pdf (2.511Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.