Repositório Digital

A- A A+

Lugares de pertencimento : alunos com Síndrome de Down geografando seus lugares

.

Lugares de pertencimento : alunos com Síndrome de Down geografando seus lugares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Lugares de pertencimento : alunos com Síndrome de Down geografando seus lugares
Autor Cabral, Danielle Tatiane da Silva
Orientador Tonini, Ivaine Maria
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Ensino de geografia
Inclusão social
[en] Down syndrome
[en] Education
[en] Place
[en] Social inclusion
Resumo A intenção desta pesquisa foi a de construir subsídios para o estudo do lugar a partir da ótica de alunos com SD, sob a perspectiva de seus diversos indicadores cotidianos. Considerando-se que há uma ausência de estudos nesse âmbito e, principalmente, na área do ensino em Geografia, esta peculiaridade tornou-se, um estímulo a mais para que este trabalho se realizasse. Compreender o lugar no qual se está inserido nos leva a conhecer a história do lugar e, dessa forma, compreender o que ali ocorre. Nesta conjuntura, o ensino de Geografia ligado a meios midiáticos e tecnológicos e direcionado a alunos com SD, em relação ao estudo do lugar de pertencimento, possibilita inúmeras formas de aprendizagem através de uma “geoconexão”, permitindo que informações geográficas conectem-se aos conteúdos e abram espaços de relação entre o virtual e o real, concretizando inclusões entre a Geografia ideal, a real e a possível de se construir no mundo contemporâneo onde todos os conhecimentos interagem entre si, onde todas as áreas do saber se encontram e onde a criatividade de quem aprende extrapola o livro e o caderno, sob um universo globalizado. O processo metodológico desta pesquisa ocorreu através de atividades pedagógicas desenvolvidas com os alunos com SD e realizou-se em três etapas, a saber: 1) Textual-Descritiva; 2) Produção de Histórias em Quadrinho com figuras pré-selecionadas; e, 3) Produção de uma atividade em computador usando o programa Power Point, imagens da cidade de Porto Alegre e produção textual. Além disso, o diálogo e a proximidade com os outros docentes despertaram o interesse da pesquisadora pela escuta dos docentes envolvidos no processo de ensino através de uma entrevista informal. Posteriormente à análise dos dados, verificou-se que o lugar onde os alunos com SD se percebem e percebem o seu próprio lugar no mundo através de sua identidade subjetiva, proporciona uma leitura do mundo destes alunos no espaço real e virtual de Porto Alegre. Desse modo, os lugares por eles referenciados estão intimamente ligados a história de cada um, e, desta forma, até mesmo sem perceberem, eles enfatizaram durante o processo desta pesquisa, a sua existência não apenas em um determinado lugar, mas, em um mundo que é vivido tanto no ambiente virtual quanto real, à nível individual e social, que representa a história de cada um, onde os signos e significados do lugar são caracterizados pelo sentimento de pertencimento do ser humano.
Abstract The intention of this research was to build subsidies for the study of the place from the perspective of students with Down syndrome, from the perspective of its various indicators daily. Considering that there is a lack of studies in this area and especially in the area of teaching in geography, this peculiarity has become a stimulus to which this work is accomplished. Understand the place in which it is inserted leads us to know the history of the place and thus understand what happens there. In this way, the Geography teaching linked to media and technologic sources and directed to students with DS, worried about the study of the belonging place, generates several ways of learning through a “geoconnection”, allowing that geographical information get together to the contents and open spaces of relation between the real and the virtual, promoting inclusions among the ideal Geography, the real one and the possible one that can be built in our contemporary world where all knowledge is connected to the other, where all awareness fields meet and where the learner‟s creativity goes beyond the book and the notebook, involved in a globalized universe. The methodological process of this research took place through pedagogical activities developed with the students with DS and had three steps: 1) Descriptive-textual; 2) Production of cartoon stories with pre-determined pictures; and 3) Production of an activity in the computer using Power Point program, pictures of Porto Alegre city and text production. Besides that, the dialogue and the closeness to the other teachers increased the interest of the researcher to the opinions of the educators involved in the learning process through an informal interview. After the data analysis, we verified that the place where the students with DS realize and realize their own place in the world through their subjective perspective provides them a reading of the world in the real and virtual space of Porto Alegre. Because of that, the places referred by them are closely connected to their own stories and, for this reason, without they realize it, they have confirmed during the process of this research, their existence not just in a determined place, but, in a world that is lived as much as in a virtual space as real, in a social and individual grade, that represents the story of each one, where the signs and meanings of place are characterized by the sense of belonging of the human being.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/32696
Arquivos Descrição Formato
000787657.pdf (3.676Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.