Repositório Digital

A- A A+

Geomorfologia do complexo de cordões litorâneos lagunares do Pontal da Feitoria - margem oeste-sul da Laguna dos Patos

.

Geomorfologia do complexo de cordões litorâneos lagunares do Pontal da Feitoria - margem oeste-sul da Laguna dos Patos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Geomorfologia do complexo de cordões litorâneos lagunares do Pontal da Feitoria - margem oeste-sul da Laguna dos Patos
Autor Manzolli, Rogério Portantiolo
Orientador Tomazelli, Luiz Jose
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Geologia marinha
Geomorfologia
Pequena, Lagoa (RS)
Resumo O trabalho aqui apresentado disserta sobre a geomorfologia do complexo de séries de cordões litorâneos lagunares do Pontal da Feitoria, região adjacente à Lagoa Pequena, situada na margem oeste da porção sul da Laguna Lagoa dos Patos. Através da análise de dados de superfície (sensoriamento remoto e reconhecimento de campo) e subsuperfície (perfis geofísicos e testemunhos sedimentares) foi possível determinar a existência de 4 séries de cordões litorâneos lagunares distintos. Utilizando-se como base o mapa geológico desenvolvido pelo CPRM-CECO e somando-se os dados de superfície, gerados pelo geoprocessamento das fotos aéreas e das imagens de satélite, elaborou-se um mapa geológico da região de estudo, em que a unidade morfoestratigráfica praia e crista lagunares (Q4pc) foi dividida em 4 subunidades. Para se diferenciar estas subunidades incluiu-se um sufixo “s” (série) seguido de um número sequencial de 1 a 4, no qual o 1º corresponde ao depósito mais antigo e, o 4º, ao atual. Para caracterizar cada uma das séries de cordões litorâneos realizou-se a coleta de dados de subsuperfície. Utilizou-se um radar de penetração no solo (GPR) para a aquisição de perfis geofísicos. Foram adquiridos 25 perfis, perfazendo um total de 5.366 m de registro. Complementar a estes perfis foram coletados 5 testemunhos sedimentares que contribuíram na caracterização faciológica das diferentes séries. Além disso, a coleta de testemunhos tem o objetivo de obter amostras para a datação radiométrica; no entanto, apenas um dos testemunhos apresentou material datável, tendo sido verificado uma idade de 29.430 ± 160 anos passados (AP). Também foi feito um levantamento topográfico sobre o complexo de séries de cordões. Os dados disponíveis permitiram a elaboração de um modelo esquemático para a área de estudo. Este modelo ajuda a evidenciar que houve uma mudança no regime dinâmico e, consequentemente, no padrão de deposição sedimentar da 1º série de cordões (Q4pcs1). Também se pode inferir que a formação da 1º série de cordões está associada à Lagoa Pequena, enquanto que a formação das demais séries de cordões esta associada à Laguna dos Patos.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/32699
Arquivos Descrição Formato
000787085.pdf (23.06Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.