Repositório Digital

A- A A+

A Concentração de sódio no testemunho de gelo da Ilha James Ross como indicador da variabilidade da extensão do gelo marinho

.

A Concentração de sódio no testemunho de gelo da Ilha James Ross como indicador da variabilidade da extensão do gelo marinho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A Concentração de sódio no testemunho de gelo da Ilha James Ross como indicador da variabilidade da extensão do gelo marinho
Autor Rosenhaim, Ingrid Linck
Orientador Simões, Jefferson Cardia
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Geologia marinha
James Ross, Ilha (Antártica)
Testemunhos de gelo
Resumo Esta dissertação investiga a relação existente entre a concentração de sódio em um testemunho de gelo (D98) da ilha James Ross (Antártica) e a área coberta por gelo marinho nos mares de Amundsen e Bellingshausen no período 1979–1991. A concentração total de sódio do D98 foi obtida de amostras analisadas por Joseph McConnell (McConnell et al., 2007). A variação da cobertura de gelo marinho nos mares de Amundsen e Bellingshausen origina-se de dados providos pelo algoritmo da Equipe da NASA no National Snow and Ice Data Center (NSIDC) determinados a partir da temperatura de brilho captada por sensores satelitais como o Scanning Multi-Channel Microwave Radiometer e o Special Sensor Microwave Imager. Usando o Software ArcGis 9.3, calculou-se a área média mensal da cobertura do gelo marinho naqueles mares. Dados meteorológicos da estação antártica Marambio (da Argentina) originam-se do Projeto Reference Antarctic Data for Environmental Research (READER). Para determinar a direção do vento em altitude foram rodadas reanálises NCEP/NCAR da composição média do vetor de vento para os níveis 850 e 700 mb e que indicam o predomínio dos ventos de oeste na região da ilha James Ross. A regressão de Pearson calculada entre a série temporal da concentração de sódio e a velocidade do vento em Marambio é fraca (r = –0,16). Para testar se a concentração de sódio total no testemunho D98 poderia ser considerado um indicador indireto da extensão do gelo marinho nos mares de Amundsen e Bellingshausen, foi calculada a correlação entre as duas séries temporais. Uma correlação relativamente alta (r = –0,60) com alto nível de confiança (p<0.001) indica que a concentração de Na no testemunho D98 esta fortemente associada à extensão do gelo marinho naqueles mares. Ou seja, a concentração de sódio total pode ser considerado como um indicador indireto da extensão do gelo marinho em Amundsen e Bellingshausen, e apóia a hipótese de que o Na presente no D98 origina-se principalmente do borrifo marinho desses mares. No período analisado, a relação entre a concentração total de sódio e a extensão do gelo marinho nos dois mares é representada pela equação: Concentração Na anual (ppb) = 1056,1 - 548,59 área coberta gelo marinho (106 km²).
Abstract This dissertation investigates the relationship between the sodium concentration in an ice core (D98) from James Ross Island (Antarctica) and the area covered by sea ice in the Bellingshausen and Amundsen Seas during the 1979–1991 period. The D98 total sodium content derives from samples analyzed by Joseph McConnell (McConnell et al., 2007). Sea ice coverage variations in the two seas come from data provided by algorithm of the NASA Team algorithm at the National Snow and Ice Data Center (NSIDC), determined from the brightness temperature recorded by satellite sensors such as the Scanning Multi-Channel Microwave Radiometer and the Special Sensor Microwave Imager. Using ArcGIS 9.3 software, the monthly sea ice coverage area in those seas was calculated. Data from the Antarctic meteorological station Marambio (Argentinean) originates from the Project Reference Data for Environmental Research (READER). To determine the wind direction at altitude, NCEP/NCAR reanalysis of the wind vector mean composition at 850 and 700 mb levels were run, indicating the predominance of westerly winds in James Ross Island region. Pearson's regression between the D98 sodium concentration D98 and wind speed at Marambio is weak (r = –0.16). To test whether the D98 total sodium concentration could be considered a proxy for the sea ice extent in the Bellingshausen and Amundsen seas, this investigation calculated the correlation between the two series. A relatively high correlation coefficient (r = –0.60) and statiscally significant (p <0.001) indicates that the Na concentration in the D98 core is strongly associated to the extent of sea ice in those seas. Or in other words, the total sodium concentration can be considered a proxy of the sea ice extent in the Bellingshausen and Amundsen seas, and supports the hypothesis that Na present in the D98 originates mainly from sea spray of these seas. During the period analyzed, the relationship between the total concentration of sodium and the sea ice extent in the two seas is represented by the equation: Concentração Na anual (ppb) = 1056,1 - 548,59 área coberta gelo marinho (106 km²).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/32701
Arquivos Descrição Formato
000787237.pdf (11.80Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.