Repositório Digital

A- A A+

A Geografia no ensino médio e sua influência na escolha e atuação profissional de geógrafos e professores

.

A Geografia no ensino médio e sua influência na escolha e atuação profissional de geógrafos e professores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A Geografia no ensino médio e sua influência na escolha e atuação profissional de geógrafos e professores
Autor Pereira, Paola Gomes
Orientador Castrogiovanni, Antônio Carlos
Co-orientador Gruber, Nelson Luiz Sambaqui
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geografia: Bacharelado.
Assunto Ensino de geografia
Ensino médio
Geógrafo
[en] Geography teaching
[en] High school
[en] Professional acting
Resumo O seguinte trabalho tem como objetivo analisar as orientações curriculares para a Geografia no Ensino Médio e a influência das aulas da disciplina na escolha, formação e atuação de profissionais da área. Ao pensarmos a relevância dessas aulas e sua influência para escolha do curso de graduação, nos propomos a tentar entender a decisão de jovens em tornarem-se Geógrafos e Professores de Geografia. A compreensão do Ensino de Geografia a partir da ótica de profissionais que atuam na ciência é algo atraente e que possibilita a apresentação de diferentes visões sobre como esse ensino se relaciona com a formação e a atuação profissional. Para orientar nossos caminhos metodológicos procuramos refletir através de um pensamento complexo. A pesquisa desenvolveu-se em distintos momentos. Primeiramente realizamos uma revisão teórica sobre o Ensino de Geografia e sua presença no Ensino Médio, e sobre o reconhecimento e atribuições profissionais dos Geógrafos. A partir disso, foi elaborado um roteiro para nortear a aplicação de entrevistas qualitativas, orientadas por nossos objetivos. Participaram das entrevistas dez profissionais de Geografia e dez estudantes do curso de graduação. As entrevistas foram individuais, em profundidade, e gravadas para posteriormente ser feita a transcrição. Após a aplicação das entrevistas foram eleitos critérios para que a partir deles fossem analisadas as falas dos sujeitos, buscando em suas expressões possíveis respostas para nossos questionamentos iniciais. Observamos que para muitos desses sujeitos, as aulas de Geografia do EM não estavam presentes enquanto facilitadoras da escolha pelo curso, e nos questionamos como poderiam ter sido melhores. A partir de nossa leitura das falas dos sujeitos, percebemos que a principal possibilidade de significação dessas aulas é a presença de um professor qualificado. Que instigue os alunos a pensar e aplicar a Geografia através de diferentes perspectivas em suas realidades. Trabalho difícil, que exige uma formação acadêmica complexa que permita a esse professor o exercício de pesquisa, aliando a isso uma formação continuada e condições adequadas para execução de seu trabalho.
Abstract The following study aims to analyze the curriculum guidelines for Geography teaching in high school level, and understand the Geography classes‟ influence for choosing this science as a degree at the university, the training during the university and the performance of professionals. Reflecting about the relevance of geography classes in high school and its influence on the degree‟s choice for the university, we intend to try to understand the decision of young people in becoming teachers of Geography and Geographers. The understanding of Geography Teaching from the perspective of professionals working with science is something attractive and that enables the presentation of different views on how this relates to education training and professional performance. To guide our methodological approaches we seek to reflect through a complex thought. The research was developed in different parts. In the beginning, we conducted a review in Geography Teaching theory, its presence in high school, and the recognition of the Geographers‟ professional duties. From there, it was created a guide to the application of qualitative interviews, oriented by our goals. Ten Geography professionals participated in the interviews and ten undergraduate students. The interviews were individual and in depth and it was recorded for later transcription. After choosing the criteria for analyzing the interviews, we try to indentify in the speech of the interviewed people expressions that could possible answers ours early questions. We noticed that for many of these people, Geography classes in high school were not present as facilitators of a choice for keep on studying Geography, and we wondered how these classes could have been better. From our reading of the statements of the interviewed people, we realize that the main possible significance for these classes is the presence of a qualified teacher. That shows students the possibility to think and apply geography through different perspectives into their realities. We understand that it is a difficult job that requires for teachers a complex academic formation, the chance developing research exercise, the possibility of lifelong education and the appropriate conditions for performing their work.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/32725
Arquivos Descrição Formato
000788145.pdf (938.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.