Repositório Digital

A- A A+

Os valores no esporte juvenil : um estudo com jovens participantes em projetos pró-sociais no município de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul

.

Os valores no esporte juvenil : um estudo com jovens participantes em projetos pró-sociais no município de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os valores no esporte juvenil : um estudo com jovens participantes em projetos pró-sociais no município de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul
Autor Mazo, Jones Zarpellon
Orientador Balbinotti, Carlos Adelar Abaide
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Jovens
Projetos sociais
Valores
[en] Social projects
[en] Sports
[en] Walues
[en] Youth
Resumo O presente estudo trata do tema “valores no esporte juvenil”. O objetivo geral foi descrever – pela ordem de importância – os valores no esporte juvenil assumidos pelos jovens praticantes de esportes da faixa etária de 13 a 18 anos, de ambos os sexos, em programas pró-sociais que utilizam o esporte como meio na inclusão social, no município de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul. Para tanto, foi traduzido e adaptado para a língua portuguesa o Inventário de Valores no Esporte Juvenil (IVEJ- 18), composto por 18 itens (LEE, WHITEHEAD; BALCHIM, 2000). Outro objetivo da pesquisa foi comparar as diferenças entre os valores no esporte de dois grupos específicos: Grupo de Adesão (GA) – jovens que participam dos projetos a menos de um ano; e Grupo de Permanência (GP) – jovens que participam dos projetos a mais de um ano. Para cumprir os objetivos da pesquisa, inicialmente, foi realizado o processo de tradução e adaptação do IVEJ-18: tradução; e tradução reversa. Para cada procedimento foram convidados dois tradutores juramentados (VALERRAND, 1989). Quanto à validade de conteúdo (HERNANDEZ-NIETO 2002), três juízes avaliadores tomaram parte nesta etapa: todos com título de Mestre em pedagogia ou psicologia do esporte e com no mínimo cinco anos de experiência na área. O resultado culminou na versão válida para a língua portuguesa do IVEJ-18. Efetuados esses procedimentos, o IVEJ-18 foi submetido às respostas de 192 jovens. O principal resultado apontou que o valor mais importante é o “companheirismo”, seguido, pela ordem de importância, dos seguintes valores: “respeitar as regras”, “autoestima”, “ser justo”, “compaixão”, “saúde e aptidão”, “desportividade”, “ser consciencioso”, “realização pessoal”, “imagem pública”, “demonstrar habilidades”, “ser conciliador”, “ser estimulado”, “obediência”, “trabalhar em conjunto”, “tolerância”, “prazer” e, por último, “ser vencedor”. Ao compararmos a ordem de importância dos valores dos dois grupos, GA e GP, destaca-se que o “companheirismo”, que estava na quarta posição no GA, se desloca para a primeira posição no GP. E, ainda, os valores “demonstrar habilidades”, “ser conciliador”, “autoestima”, “ser justo”, “desportividade” e “trabalhar em conjunto” adquiriram mais relevância nos escores do GP. Já os valores “ser consciencioso”, “respeitar as regras”, “realização pessoal”, “ser estimulado” e “prazer” diminuíram suas preferências no GP. O valor “compaixão” foi o que mais declinou, deslocando-se da primeira colocação no GA para a nona no GP. Os valores “imagem pública”, “obediência”, “tolerância”, “prazer” e, por último, “ser vencedor” mantiveram sua posições de preferências em ambos os grupos de controle. Esses resultados demonstram que o trabalho dos educadores responsáveis pelos projetos esportivos pró-sociais na cidade de Santo Ângelo altera de forma significativa a ordem de importância dos valores dos jovens após um ano de participação nos projetos esportivos. Espera-se que esse estudo seja um estímulo para que psicólogos e educadores do esporte incluam como uma das prioridades dos projetos esportivos pró-sociais o compromisso com o desenvolvimento dos valores humanos, que nortearão a formação do caráter do futuro cidadão.
Abstract The present study deals with the theme “values in youth sport”. The general aim was to describe – in order of importance – the values in youth sport taken on by the young sportsmen from 13 to 18 years old, both sexes, in pro-social programs which use sport as a tool for social inclusion, in the city of Santo Angelo – RS. For such, the Inventory of Values in Youth Sport (IVYS-18), comprised of 18 items (LEE, WHITEHEAD; BALCHIM, 2000) was translated and adapted to Portuguese (Brazil). Another aim of the research was to compare the differences between the values in sport of two specific groups: Membership Group (MG) – youth who have been participating in the projects for less than a year; and Permanence Group (PG) – youngsters who have been participating in the projects for more than a year. In order to achieve the aims of the research, initially, a process of translation and adaptation of the IVYS-18 was carried out: translation; and reverse translation. For each procedure, two sworn translators were invited (VALERRAND, 1989). In relation to content validity (HERNANDEZ-NIETO, 2002), three judges evaluators took part in this phase: all of whom with a Master’s in Pedagogy or Psychology of Sport, and with a minimum of five years of experience in the area. The end result was the valid version for the Portuguese language (Brasil) of the ‘Inventory of Values in Youth Sport (IVEJ-18)’. After the end of these procedures, the IVYS-18 was submitted to the responses of 192 young participants. The main result showed that the most important value was “fellowship”, followed in order of importance of the following values: Respect the rules, self-esteem, being fair, compassion, health and fitness, sportsmanship, being conscientious, personal accomplishment, public image, show skills, being a peace-maker, being stimulated, obedience, work as a team, tolerance, pleasure, and last but not least being a winner. When comparing the order of importance of the values in both groups – MG and PG –, it is highlighted that “fellowship”, which was in fourth place in MG, jumps to first position in PG. Moreover, “show skills”, “being a peace-maker”, “self-esteem”, “being fair”, “sportsmanship” and “work as a team” gained more relevant scores in PG. As for “being conscientious”, “respect the rules”, “personal accomplishment”, “being stimulated”, and “pleasure”, have lost their preference in MG. “Compassion” had the largest decline, going from 1st position in MG to 9th in PG. “Public image”, “Obedience”, “Tolerance”, “Pleasure”, and the last “being a winner” kept their position of preference in both controlled groups. These results showed that the work of the educators responsible for the prosocial sport projects in the city of Santo Ângelo – RS alters significantly the order of importance of the values in youth after a year of participation in the sports projects. This study is expected to become a stimulus so that psychologist and sports educators can include the commitment with the development of human values as one of the priorities of pro-social sport projects, which will guide the formation of the character of the future citizen.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/32730
Arquivos Descrição Formato
000788383.pdf (2.597Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.