Repositório Digital

A- A A+

Prazer e sofrimento no trabalho : contribuições a organização do processo de trabalho da enfermagem

.

Prazer e sofrimento no trabalho : contribuições a organização do processo de trabalho da enfermagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prazer e sofrimento no trabalho : contribuições a organização do processo de trabalho da enfermagem
Autor Lunardi Filho, Wilson Danilo
Orientador Mazzilli, Claudio Pinho
Data 1995
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Enfermagem : Trabalho : Sofrimento
Trabalho : Organizacao : Condicoes : Enfermagem : Hospital : Trabalhador : Qualidade de vida : Estudo de caso
Resumo Trata-se de uma pesquisa exploratória descritiva que tem como questão norteadora a busca de fatores implicados na gênese do prazer e sofrimento no trabalho da enfermagem, apoiando-se, fundamentalmente, nas contribuições de Christoph Dejours. Os dados foram coletados por meio de um roteiro, com questões fechadas, e entrevistas semi-estruturadas, com dezoito profissionais, representantes das categorias enfermeiro e auxiliar de enfermagem, de um Hospital de uma Universidade Pública Federal do Estado do Rio Grande do Sul. Para a análise das respostas às questões das entrevistas, utilizou-se a metodologia da análise de conteúdo, na modalidade de análise temática. Os resultados são apresentados em três conjuntos de categorias: vinte e nove Categorias Iniciais, posteriormente reagrupadas em oito Categorias Intermediárias e, por último, sintetizadas nas Categorias Finais: O Trabalho em Si, A Organização do Trabalho e As Condições de Trabalho. Detectou-se a existência do prazer e do sofrimento no trabalho da enfermagem, suas localizações e o que os motivam. O Trabalho em Si, apesar do sofrimento que contém, possibilita a vivência de um prazer real e concreto. Grande parte do sofrimento do trabalhador decorre da Organização do Trabalho e, especialmente, das Condições de Trabalho, de modo real, dramático e quase absoluto, sendo que o prazer, com raríssimas exceções, manifesta-se condicionado a algum fator, na maioria das vezes, inexistente, portanto, numa possibilidade futura, como expectativa de prazer. O conhecimento dos fatores implicados na gênese do prazer e sofrimento no trabalho da enfermagem abre possibilidades de mudanças e repercussões positivas na vida do trabalhador e na vida daqueles com quem estabelece relações e vínculos.
Abstract This is a descriptive exploratory research, guided towards the findig of factors linked to the genesis of pleasure and suffering within nursing work. It has been based mainly on contributions exacted from Christoph Dejours. Data were collected using a list with closed questions and semi-structured interviews, among 18 professionals. They represented the categories of nurse and nurse auxiliary at teaching hospital affiliated to a Federal State University in the province of Rio Grande do Sul. To interpret interview answers, the contents analysis methodology was employed in the modality of theme analysis. Results are offered under three category sets: 29 Inicial Categories, later on grouped as 8 Intermediate Categories which where then synthetized as the Final Categories of The Work Itself, The Work Organization and The Working Conditions. Pleasure and suffering were detected within nursing work, their locations and their motivating forces. Work in Itself, in spite of its ingrained suffering, allows for the enjoyment of an actual and concrete pleasure. A great amount of a worker's suffering comes as a consequence of Work Organization and, particularly, of Working Conditions in a real, dramatic and almost absolute way, whereas pleasure, with very few exceptions, makes itself present conditioned to a given factor. In this way, it becomes inexistent, as an expectative of pleasure in a future possibility. Knowledge of those factors implied on the genesis of pleasure and suffering within the nursing work context opens possibilities for positive changes and effects on a worker's life, as well as on the life of those with whom he/she comes to establish relationships and connections.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/33268
Arquivos Descrição Formato
000107997.pdf (3.368Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.