Repositório Digital

A- A A+

Avaliação dos metodos de controle nas cooperativas de produtores rurais : das regiões do planalto médio, alto uruguai, missões e campos de cima da serra

.

Avaliação dos metodos de controle nas cooperativas de produtores rurais : das regiões do planalto médio, alto uruguai, missões e campos de cima da serra

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação dos metodos de controle nas cooperativas de produtores rurais : das regiões do planalto médio, alto uruguai, missões e campos de cima da serra
Autor Schenini, Pedro Carlos
Orientador Fraquelli, Antonio Carlos Coutinho
Data 1980
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Controle financeiro : Cooperativas : Produtor : Zona rural : Trigo : Soja : RS
Resumo O presente trabalho tem como propósito principal mostrar e analisar o uso da controladoria financeira em empresas cooperativas. A pesquisa foi realizada nas organizações que comercializam trigo e soja nas regiões do Planalto Médio, Alto Uruguai, Missões e Campos de Cima da Serra no Rio Grande do Sul. As empresas submetidas foram 68 filiadas ã Federação das Cooperativas de trigo e soja-FECOTRIGO, das quais selecionou-se uma amostra homogênea de 40 cooperativas para constituir o grupo experimental. O experimento envolveu a aplicação de questionários e observação de formulários em utilização, durante as visitas realiza das no grupo em estudo. Os resultados gerais revelaram, que as empresas estão bem estruturadas funcionalmente e apresentam-se as maiores com maior número de controles financeiros, as médias possuem algumas empresas com maior e algumas com menor controle e finalmente as menores que na sua maioria mostram carência de fiscalização através da controladoria financeira. Outro resultado alcançado foi comprovar a desvinculação entre o número de controles adotados pelas cooperativas e sua correspondente capacidade de armazenagem, número de funcionários e volume de produção recebida. Verificou-se na oportunidade a dependência total das empresas cooperativas, em termos estruturais e organizacionais, ao volume de produção recebida. Conforme modelo de controladoria financeira desenvolvido e adotado na pesquisa foram obtidos também os seguintes resultados: -As cooperativas apresentam-se com um índice de 54% de Utilização de controles de balanço salientando-se o controle dos disponíveis e estoques. Nos controles do "Sobras e Perdas", baixa sensivelmente o nível do uso de controles de custos e receitas para um índice de 28% de ocorrências. -E com um índice de 10% de utilização dos controles orçamentários, caracteriza-se a pouca atenção dedicada ao planejamento financeiro ou ao acompanhamento do orçamento. Concluiu-se finalmente que a adoção de controles Financeiros está vinculado à intenção e experiência dos administradores da organização em implantar uma sistemática de controladoria financeira.
Abstract The main purpose of this thesis is to demonstrate and analyze the use of financial control in opoperatives. The research was carried out among organizations which commercialize wheat and soy beans 3.n the Planalto Mêdio, Alto Uruguai, Missões and Campos de Cima da Serra regions in the State of Rio Grande do Sul. The 68 firms were all members of the Wheat and Soy Bean Cooperative Federation - FECOTRIGO. Of these, 40 cooperatives,were selected as a homogenons sampling to comprise the experimental group. The experiment involved the filling out of question nai res and the observation of the forms being utilized when visits we re made to the group being studied. The general results revealed that the firms are functio nally well structured and the largest possess the greater number of financial controls. The medium-size group comprises some with greater and some with lesser controls. Finally, the smallest group, for the most part, lacks fiscalization of any financial control. Another result obtained was the proof that there in no relationship whatever between the number of controls adapted by the cooperatives and their corresponding storage capacity, number of eniployees and volume of production received. At the same time, the total dependente of the cooperati ves, in structural and organizational terras, on the volume of pro duction received, was observed. In accordance with the financial control model. form developed and adapted during the research, the following results were also obtained: The cooperatives presented a rate of 54% of utilization of balance sheet controls, especially the stock controls and for merchandise available. In the "Suiplus and Loss" controls area, the rate decreases considerably in the use of cost and incorre controls to 28%. And the 10% rate of utilization of budgetary controls, characterizes the little importance given to economic planning or budgetary control. Finally, it can be conclued that the adoption of financial controls is linked to the organizations' administrators' expe rience and their intention to implant financial control systems.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/33273
Arquivos Descrição Formato
000144036.pdf (3.034Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.