Repositório Digital

A- A A+

Educação especial : inclusão digital no isolamento hospitalar

.

Educação especial : inclusão digital no isolamento hospitalar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Educação especial : inclusão digital no isolamento hospitalar
Autor Castro, Betina Mânica de
Orientador Viegas, Luciane Torezan
Data 2009
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Educação Especial e Processos Inclusivos.
Assunto Adolescente hospitalizado
Educação especial
Inclusão escolar
Informática na educação
[en] Cystic fibrose
[en] Digital inclusion
[en] Special education
Resumo O estudo apresenta uma pesquisa bibliográfica sobre o atendimento de adolescentes com Fibrose Cística e relata um projeto desenvolvido no Hospital de Clínicas de Porto Alegre que utilizou as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC's) como forma de inclusão digital dos pacientes em isolamento. Dentre os objetivos da pesquisa destacam-se analisar aspectos referentes à hospitalização de adolescentes com Fibrose Cística; identificar os benefícios da inclusão digital para o atendimento à adolescentes hospitalizados; relatar experiências envolvendo a inclusão digital no processo de hospitalização de adolescentes com Fibrose Cística. Dessa forma, parte do estudo relata experiências vivenciadas em um projeto do Núcleo de Informática na Educação Especial (NIEE) com o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Caracterizase como uma pesquisa na área da Educação Especial, que busca analisar como a Informática na Educação contribui para a inclusão social de adolescentes em isolamento hospitalar. O referencial teórico baseia-se na teoria de Vygotsky que estuda os processos evolutivos de aprendizagem e as formas de interação e mediação entre os sujeitos que geram novos conhecimentos. Além de Vygotsky, autores como Beyer, Ceccim, Mantoan, Waecher e Costa, dentre outros, auxiliaram na compreensão da temática e na realização da pesquisa. Conclui-se que as propostas de Inclusão voltadas para os doentes crônicos não se iniciaram há muito tempo, pois durante um período significativo essas pessoas foram excluídas da sociedade por preconceitos e falta de informação e as questões educacionais não eram prioritárias. Dessa forma, para melhor entendimento, o estudo traçou um breve panorama do contexto da história da Educação Especial e da Educação Inclusiva e abordou a legislação da Educação Especial, uma vez que o atendimento a adolescentes em isolamento hospitalar é parte desta modalidade de ensino. Aponta-se que o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC's) na Educação de adolescentes quando no isolamento hospitalar, pode contribuir para que os mesmos se sintam incluídos, ainda que em isolamento hospitalar, além de possibilitar avanços em sua aprendizagem.
Abstract The study presents a literature on the treatment of adolescents with Cystic Fibrosis and reports a project developed in the Hospital de Clinicas de Porto Alegre that used the Information and Communication Technologies (ICT's) as a digital inclusion of patients in isolation. Among the objectives of the research highlights to look into aspects of hospitalization of these adolescents with cystic fibrosis, identify the benefits of digital inclusion to care for hospitalized adolescents, report experiences involving digital inclusion in the process of hospitalization of adolescents with Cystic Fibrosis. Thus, part of the study reports to experiences lived in a Center for Information Technology in Special Education (NIEE) project at the Hospital de Clinicas de Porto Alegre (HCPA). It is characterized as a research in the Special Education area, which seeks to analyze how the informatics in education contributes to social inclusion of adolescents in hospital isolation. The theoretical reference is based on Vygotsky's theory that studies the learning evolutionary processes and interaction and mediation forms between the subjects that generate new knowledge. Not also Vygotsky, authors such as Beyer, Ceccim, Mantoan, Waecher, Costa and others, helped in understanding the topic and conducting the survey. It's concluded that the inclusion proposals aimed at the chronically ill have not been started long ago, because for a significant period these people were excluded from society by prejudice and lack of information and educational issues were not a priority. Thus, for better understanding, the study drew a brief overview of the context of the history of Special Education and Inclusive Education and discussed the law of Special Education, since the attendance of adolescents under hospital isolation is a part of this teaching modality. It was observed the use of Information Technologies and Communication Technologies (ICTs) in adolescents education while in hospital isolation can contribute so that they feel included, even in hospital isolation, and providing improvements in their learning.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/33287
Arquivos Descrição Formato
000726048.pdf (241.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.