Repositório Digital

A- A A+

Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade na infância e na adolescência : uma pesquisa bibliográfica

.

Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade na infância e na adolescência : uma pesquisa bibliográfica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade na infância e na adolescência : uma pesquisa bibliográfica
Autor Pires, Natália dos Santos
Orientador Silva, Jacqueline Oliveira
Data 2011
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Especialização em Saúde Pública.
Assunto Adolescente
Criança
Saúde escolar
Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade
Resumo A pesquisa teve como objetivo conhecer a produção de artigos em língua portuguesa sobre Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) em crianças e adolescentes indexada no banco de dados do SciELO no período compreendido entre janeiro de 2000 e dezembro de 2010. Para análise dos documentos resultantes da busca no indexador, foi utilizada a metodologia de Análise de Conteúdo. Foram encontrados trinta artigos em resultado aos unitermos “TDAH”, “Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade” e “Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade”. Os resultados indicam que o TDAH é considerado o transtorno do desenvolvimento infantil mais diagnosticado, e há diversas hipóteses para sua etiologia, suas manifestações na vida do indivíduo e seu tratamento. O diagnóstico é feito baseado em manuais (DSM-IV™ e/ou CID-10), mas seus critérios têm gerado controvérsia entre os pensadores na área. As comorbidades estariam também relacionadas às dificuldades no diagnóstico. O metilfenidato é o fármaco mais utilizado no tratamento. Evidenciaram-se como categorias de análise as hipóteses etiológicas do transtorno, as comorbidades envolvidas, os questionamentos acerca da diagnose e abordagens terapêuticas ao transtorno. Como conclusão, os dados sugerem que o TDAH apresenta algumas dificuldades no que tange ao diagnóstico, havendo presença de subdiagnosticação e superdiagnosticação e tendência à patologização de características de um continuum normal de desenvolvimento de crianças e adolescentes, transformadas em sintomas.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/34058
Arquivos Descrição Formato
000790006.pdf (600.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.