Repositório Digital

A- A A+

Agências do artificial e do humano : uma análise de noções do humano na inteligência artificial a partir de perspectivas sociais e culturais

.

Agências do artificial e do humano : uma análise de noções do humano na inteligência artificial a partir de perspectivas sociais e culturais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Agências do artificial e do humano : uma análise de noções do humano na inteligência artificial a partir de perspectivas sociais e culturais
Autor Wild, Rafael
Orientador Biazus, Maria Cristina Villanova
Co-orientador Maraschin, Cleci
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.
Assunto Ciência
Conhecimento
Emoção
Informática : Educação
Inteligência artificial
Sociedade
Tecnologia
[en] Affective computing
[en] Artificial intelligence
[en] Emotion
[en] Human
[en] Knowledge
[en] Science and technology studies
Resumo Esta tese analisa noções construídas sobre o ser humano que são apropriadas com fins tecnológicos, em sistemas computacionais produzidos por praticantes da Inteligência Artificial. Foi desenvolvido com base em um trabalho de campo de observação participante junto a grupos de pesquisa acadêmico na área de Inteligência Artificial, um brasileiro e outro europeu (português). O trabalho articula-se com as demandas da Informática na Educação ao focar, de maneira não estrita, projetos com caráter pedagógico. O presente estudo, através dos significados e as práticas observadas a partir de dentro dos grupos, procurou compreender o conhecimento do participante enquanto pertencente a uma cultura própria e peculiar, e a lógica interna desta cultura. Foram interrogados com especial atenção os artefatos produzidos: sistemas computacionais, investidos das características funcionais desejadas pelos participantes, e materializando suas práticas e premissas. Observou-se como emoção, conhecimento, cultura, e agência, entre outros, são conceituados, estabelecidos e colocados em práticas como categorias do humano, não apenas como definições expressas em texto, mas como materializadas em artefatos e em expectativas sobre o encontro entre estes artefatos e seus usuários. Foi consistentemente trabalhado o “colocar em perspectiva” das práticas e noções próprias do campo estudado, a partir de ferramentas teóricas propostas pelos Estudos de Ciência e Tecnologia, em especial por B. Latour, L. Suchman e D. Forsythe. As práticas e noções, no campo abordado, são conhecimento científico e tecnológico, com estatuto próprio e estabelecido como válido e legítimo; em relação a isto, foi sistematicamente buscada a colocação desta validade e desta legitimidade em perspectiva, mostrando como esta validade relaciona-se com a forma de produção e legitimação, e como esta produção e legitimação podem ser vistas de outras formas. Espera-se, com estes resultados, contribuir para um diálogo mais sofisticado dentro da Informática na Educação entre as práticas tecnológicas, a Ciência da Computação e Inteligência Artificial, e a aplicação social e pedagógica destas práticas.
Abstract This thesis addresses notions of human that are present in computer-based systems built by researchers in the area of Artificial Intelligence. Participant observation was performed in fieldwork within two academic research groups in Artificial Intelligence; one of such groups is Brazilian, while the other is Portuguese. The focus is on research projects displaying a pedagogical orientation. This thesis aims at understanding meanings and practices current in the groups, understood as local cultural settings, and the logics that underpin such meanings and practices. The technological artifacts that comprises their work, computer systems invested of certain functional characteristics, were interrogated. Categories such as emotion, knowledge, culture, and agency were followed as they are conceptualized and deployed as human traits, not only as textual definitions, but also as artefactual materializations and expectations about how users should encounter these artifacts. As a methodological analytics, these practices and notions were systematically compared with alternative perspectives, drawn from the theoretical references of the Science and Technological Studies (with special mention to B. Latour, L. Suchman and D. Forsythe). The validity and legitimacy of the positions of the group were not denied or devalued in this analytical process, but instead subjected to inquiry from different perspectives. The aims are making visible the relation of this validity and legitimacy with specific, situated processes of production and legitimation, and proposing that these processes could be considered in other, different ways.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/34146
Arquivos Descrição Formato
000791580.pdf (787.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.