Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do perfil de resistência a antimicrobianos de bactérias gram-negativas isoladas nas águas do Arroio Dilúvio

.

Avaliação do perfil de resistência a antimicrobianos de bactérias gram-negativas isoladas nas águas do Arroio Dilúvio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do perfil de resistência a antimicrobianos de bactérias gram-negativas isoladas nas águas do Arroio Dilúvio
Outro título Evaluation of antimicrobial resistance the profile of gram-negative bacteria isolated from dilúvio gully waters
Autor Oliveira, Daniele Vargas de
Orientador Van der Sand, Sueli Terezinha
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Dilúvio, Arroio (RS)
Qualidade da agua
Resistência beta-Lactâmica
Resistência microbiana a medicamentos
Resumo O Arroio Dilúvio faz parte de uma importante bacia do município de Porto Alegre, RS, possuindo 17.605m de extensão sendo a nascente no município de Viamão e deságue no Lago Guaíba, que recebe vários tipos de dejetos oriundos de esgoto pluvial, doméstico e hospitalar. Sendo assim, o Arroio recebe uma população microbiana diversificada, podendo alguns destes microrganismos apresentarem resistência a diferentes antimicrobianos e, portanto, atuar como possíveis disseminadores de genes de resistência. O objetivo do presente estudo foi avaliar a diversidade da população bacteriana Gram negativa das águas do Arroio Dilúvio, buscando identificar e caracterizar a população de acordo com o seu perfil de resistência a antimicrobianos e detectar a presença de genes de resistência a β-lactâmicos. As coletas ocorreram em cinco pontos nas diferentes estações do ano. As amostras coletadas passaram por isolamento e esgotamento da população bacteriana através da semeadura em placas contendo diferentes meios de cultura seletivos. Para a caracterização do perfil de resistência foi utilizado o método de difusão em disco utilizando antibióticos de diferentes classes. Após a identificação bacteriana foi observado a prevalência de bactérias da família Enterobacteriaceae. Aproximadamente 67% dos isolados das coletas 1 e 3, cerca de 52% dos isolados da coleta 2 e mais de 95% da coleta 4 foram resistentes a dois ou mais antimicrobianos. Quanto à presença dos genes de resistência foi observado que 43,54% (27/62) dos isolados apresentaram amplificação para os genes, blaTEM, e/ou blaSHV. Dentre estes 33,87% (21/62) foram positivos para o gene blaTEM, 9,67% (6/62) para o gene blaSHV e 3,22% (2/62) foram positivos para ambos os genes.
Abstract The Dilúvio is part of an important watershed in the city of Porto Alegre, RS, having 17.605m of extension rising in the city of Viamão and flowing into Guaíba Lake receiving all kind of waste resulting from pluvial, domestic and hospital wastewater. Thus, the gully receives a diverse microbial population, some of these microorganisms may exhibit resistance to different antimicrobial agents and therefore act as potential disseminators of resistance genes. The aim of this study was to evaluate the diversity of the Gram negative population present in the Dilúvio gully waters; characterize and identify the population accordingly to the antimicrobial resistance profile and the presence of genes for the resistance to β-lactams antimicrobial. The water samples were collected at five sites in different seasons of the year. The samples passed through isolation of the bacterial population by plating them on plates containing different media. To characterization of the resistance profile was performed using disk diffusion on agar method using antibiotics of different classes. It was observed the prevalence of bacteria of the Enterobacteriaceae family. Approximately 67% of the isolates from collections 1 and 3, 52% of the isolates from collection 2 and more than 95% from collection 4 were resistant to two or more antimicrobial. As the presence of resistance genes it has been observed that 43.54% (27/62) of the isolates showed amplification of genes, blaTEM, and / or blaSHV among them 33.87% (21/62) were positive for the gene blaTEM, 9.67% (6 / 62) for gene blaSHV and 3.22% (2 / 62) were positive for both genes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/34151
Arquivos Descrição Formato
000791384.pdf (1.199Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.