Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de qualidade de vida e importância dada a espiritualidade/religiosidade/ crenças pessoais (SRPB) em adultos com e sem problemas crônicos de saúde

.

Avaliação de qualidade de vida e importância dada a espiritualidade/religiosidade/ crenças pessoais (SRPB) em adultos com e sem problemas crônicos de saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de qualidade de vida e importância dada a espiritualidade/religiosidade/ crenças pessoais (SRPB) em adultos com e sem problemas crônicos de saúde
Outro título Evaluation of quality of life and importance given to spirituality/religiousness/personal beliefs (SRPB) in adults with and without chronic health conditions
Autor Rocha, Neusa Sica da
Fleck, Marcelo Pio de Almeida
Resumo Contexto: Não existem estudos avaliando a associação entre religiosidade e qualidade de vida, comparando pessoas doentes e saudáveis, independentemente do tipo de doença e da idade. Objetivo: Verificar a associação entre: (1) presença de uma doença crônica e a importância dada à espiritualidade/religiosidade/ crenças pessoais (SRPB); (2) presença de um problema crônico de saúde e qualidade de vida (QV), ajustada para fatores como idade, nível socioeconômico (NSE) e sintomas depressivos; (3) QV e a importância dada à SRPB, também ajustada para os mesmos fatores. Delineamento: estudo transversal. Sujeitos: n = 241, sendo 122 pacientes internados e ambulatoriais com alguma doença crônica, provenientes de um hospital universitário, e 119 indivíduos saudáveis membros ativos de comunidades religiosas. Instrumentos: a) WHOQOL-100 (QV); b) BDI (sintomas depressivos); c) WHOQOL-SRPBi – escala de importância dada às facetas do módulo de SRPB do WHOQOL-100 (importância dada à SRPB). Resultados: Pacientes mostraram piores escores que os saudáveis na maioria dos domínios do WHOQOL-100, com exceção do domínio do SRPB. Os pacientes (média = 97,2 ± 13,0) tiveram escores mais altos que os saudáveis (média = 92,9 ± 16,4) na avaliação de importância dada à SRPB (P = 0,03). Usando um modelo de regressão múltipla, a importância dada à SRPB aparece positivamente associada com os domínios geral, psicológico, relacionamento social, ambiente e SRPB do WHOQOL-100 (beta = 0,10; beta = 0,17; beta = 0,12; beta = 0,11; beta = 0,72, respectivamente; P < 0,05), quando ajustado para idade, NSE, sintomas depressivos e a presença de um problema crônico de saúde. Conclusão: A importância da SRPB aparece positivamente associada com a QV na maioria de seus domínios, independentemente de outros fatores envolvidos. Esse achado pode ser considerado ao se planejarem intervenções para a melhoria da QV de pacientes acometidos por problemas crônicos de saúde.
Abstract Background: There is a lack of studies seeking to elucidate the association of religiousness with quality of life, comparing sick and healthy people, regardless the type of disease and age group. Objective: To examine the association between: (1) presence of a chronic health condition and the importance given to spirituality/ religiousness/personal beliefs (SRPB); (2) presence of a chronic health condition and quality of life (QOL) adjusted for age, socioeconomic level and depressive symptoms; (3) QOL and importance given to SRPB, also adjusted for the same factors. Design: cross-sectional study. Participants: n = 241 consisted of 122 inand outpatients from a university hospital and 119 religious healthy subjects from community. Measurements: a) WHOQOL-100 (QOL); b) BDI (depressive symptoms); c) WHOQOL-SRPBi – scale of importance assigned to the facets of the Spirituality/Religiousness/Personal Beliefs Module of WHOQOL-100 to measure importance given to religiousness. Results: Patients in comparison to healthy subjects showed worse scores in most WHOQOL-100 domains. The patients’ mean score of the WHOQOL-SRPBi was 97.2 compared to the healthy subjects’ mean score = 92.9 (P = 0.03). After using a multiple regression model, the WHOQOL-SRPBi appears positively associated with the psychological, the social relationships, the environment, the SRPB domains and general QOL (beta = 0.17; beta = 0.12; beta = 0.11; beta = 0.72; beta = 0.10, respectively), when adjusted for age, SEL, BDI and the presence of a chronic health condition. Discussion: The more important is the SRPB for these people, the better is their QOL in most of their domains, independently of other factors involved. This finding may be taken into account when planning interventions to improve QOL of chronic health patients.
Contido em Revista de psiquiatria clínica. Sao Paulo. Vol. 38, n. 1 (2011), p. 19-23
Assunto Doença crônica
Espiritualidade
Nível de saúde
Qualidade de vida
Religião
[en] Chronic health conditions
[en] Quality of life
[en] Religiousness
[en] WHOQOL
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/34380
Arquivos Descrição Formato
000783662.pdf (134.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000783662-02.pdf (389.9Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.