Repositório Digital

A- A A+

Efeito das variações do teor de umidade e condições de aquecimento no comportamento do spalling de concretos de alta compacidade

.

Efeito das variações do teor de umidade e condições de aquecimento no comportamento do spalling de concretos de alta compacidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito das variações do teor de umidade e condições de aquecimento no comportamento do spalling de concretos de alta compacidade
Autor Argenton, Marcelo Bortolin
Orientador Silva Filho, Luiz Carlos Pinto da
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Esse trabalho versa sobre um fenômeno internacionalmente conhecido por spalling, ou seja, o lascamento ou desplacamento de superfícies de concreto quando o mesmo é submetido a temperaturas elevadas, tais como em situações de incêndio. Pretende-se, nesse trabalho, determinar como algumas das variáveis influentes nesse fenômeno intervêm na ocorrência do mesmo. A partir da revisão da literatura existente sobre o fenômeno, procurou-se um aprofundamento do conhecimento sobre o assunto. Os conhecimentos adquiridos com a revisão bibliográfica não só permitiram a execução dos ensaios mais relacionados ao assunto como também permitiram explicar os resultados obtidos nos ensaios laboratoriais com embasamento científico. Nesse trabalho, foram analisadas a influência de diferentes teores de umidade do concreto, o efeito da utilização de diferentes curvas de aquecimento e da adição de fibras de polipropileno em concretos de alta compacidade. A análise da influência desses parâmetros se deu de forma experimental, através da moldagem de corpos-de-prova e da execução de ensaios em laboratório. A moldagem dos corpos-de-prova foi baseada nos traços dos concretos produzidos na tese de doutorado de Larissa Degliuomini Kirchhof, e nas características que se pretende analisar nesse trabalho. Em relação aos ensaios, conduziram-se ensaios de caracterização dos materiais utilizados, de exposição dos corpos-de-prova a temperaturas elevadas e de determinação da resistência à compressão. Dos resultados pode-se concluir que há maior ocorrência de desplacamentos para maiores temperaturas de exposição. Para os ensaios realizados, concluiu-se que o teor de umidade de 90% é o que acarreta em mais danos quando o concreto é exposto a elevadas temperaturas. A adição de fibras de polipropileno nos teores de 1,5 e 2,0 kg/m³ se mostrou eficaz para impedir a ocorrência de lascamentos, não tendo sido registrada nenhuma ocorrência do fenômeno. A taxa de aquecimento de 27,4°C/min acarreta em mais danos do que a taxa de 45°C/min. No entanto, a taxa de aquecimento mais elevada resultou em desplacamentos em um menor intervalo de tempo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/34390
Arquivos Descrição Formato
000789726.pdf (3.235Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.