Repositório Digital

A- A A+

A negociação coletiva na resolução de conflitos trabalhistas no Instituto Nacional do Seguro Social - INSS

.

A negociação coletiva na resolução de conflitos trabalhistas no Instituto Nacional do Seguro Social - INSS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A negociação coletiva na resolução de conflitos trabalhistas no Instituto Nacional do Seguro Social - INSS
Autor Machado, Maria Luiza Gonzalez
Orientador Baldi, Mariana
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Negociação Coletiva a Distância.
Assunto Negociação coletiva
Plano de carreira
Servidores publicos
Resumo O trabalho apresenta os resultados de pesquisa com o propósito de analisar as negociações ocorridas entre o Governo Federal e as entidades sindicais representativas dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, ocupantes de cargos que compõem a Carreira do Seguro Social – até o Termo de Acordo firmado em 2008 para a fixação da estrutura remuneratória e atos subsequentes – com o objetivo de identificar as dificuldades e as conquistas resultantes desse processo. A pesquisa se caracterizou como exploratória, de natureza qualitativa, para exame documental das negociações, dos atos decorrentes e seus reflexos na forma de novos conflitos trabalhistas, greve e demandas judiciais. Os dados foram coletados em documentos disponíveis nos sites das entidades representativas dos servidores e nos sistemas corporativos do INSS. Também por meio de entrevistas não estruturadas encaminhadas, por e-mail, a dirigentes do Sindicato que agrega servidores da categoria no Rio Grande do Sul (RS), bem como a servidores da Carreira do Seguro Social de unidades da instituição no RS. A partir dos dados coletados, foi possível verificar que, apesar do processo negocial ter representado um avanço na resolução de conflitos trabalhistas no INSS e propiciado um significativo aumento do total remuneratório, ainda carece de maior efetividade. Isto porque permanece latente o conflito originário, com agravamento decorrente da perda de conquista histórica da categoria, no que diz respeito à jornada de trabalho, com reflexos nas condições de trabalho e na qualidade de vida dos servidores, interferindo, consequentemente, na qualidade dos serviços públicos prestados.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/34582
Arquivos Descrição Formato
000783126.pdf (371.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.