Repositório Digital

A- A A+

Atributos químicos de argilossolo e exportação de nutrientes por culturas sob sistemas de preparo e de adubação

.

Atributos químicos de argilossolo e exportação de nutrientes por culturas sob sistemas de preparo e de adubação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atributos químicos de argilossolo e exportação de nutrientes por culturas sob sistemas de preparo e de adubação
Outro título Chemical attributes of an ultisol and nutrient exportation by crops under soil tillage and fertilization systems
Autor Dorneles, Evelyn Penedo
Orientador Meurer, Egon Jose
Co-orientador Bissani, Carlos Alberto
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo.
Assunto Adubacao
Calagem
Milho
Preparo do solo
Química do solo
Soja
Solo argiloso
Resumo Métodos de preparo e de adubação podem afetar os atributos químicos do solo e, consequentemente, sua fertilidade. Com o objetivo de avaliar as alterações em atributos químicos do solo, ao longo do período de dez anos, foram avaliados os resultados da análise de amostras de solo coletadas em nove épocas, em três profundidades (0-5; 5-10; 10-20 cm); o rendimento de grãos e a respectiva exportação de nutrientes de dois cultivos de verão (soja e milho), em experimento de campo em um Argissolo Vermelho Distrófico típico, na Estação Experimental Agronômica da UFRGS, em Eldorado do Sul, RS. Foram avaliados três sistemas de preparo de solo, convencional (PC), reduzido (PR) e plantio direto (PD), combinados com dois sistemas de adubação, mineral (com calcário e fertilizantes comerciais) e orgânica (com cama de aviário). Os sistemas de preparo e tipos de adubação influenciaram os valores dos atributos químicos do solo ao longo dos anos, embora diferenças significativas não tenham sido constatadas em algumas épocas de amostragem. O sistema de plantio direto se destacou em relação aos demais, principalmente na camada superficial, em termos de valores de matéria orgânica, pH do solo e fósforo disponível. O tratamento com adubação orgânica apresentou maiores teores de matéria orgânica e de fósforo em relação ao tratamento com adubação mineral, devido aos critérios de estabelecimento de doses dos fertilizantes. Na adubação orgânica, os valores de pH do solo foram similares aos obtidos com a calagem, devido ao efeito cumulativo do adubo orgânico. O rendimento de grãos de soja foi baixo para o PD e significantemente inferior aos sistemas PR e PC, que não diferiram entre si. Maior rendimento foi obtido para a cultura de milho no plantio direto, porém as diferenças não foram significativas entre os sistemas de preparo e entre os sistemas de adubação. Os grãos de soja apresentaram menor exportação de nutrientes do que os grãos milho, devido à diferença entre os rendimentos obtidos para as culturas.
Abstract Tillage and fertilization methods may affect the soil chemical properties and as a consequence soil fertility. With the aim of assessing changes in soil chemical properties over the period of ten years, they were studied data from analysis of soil samples collected in nine times at three depths (0-5, 5-10, 10-20 cm), grains yield and nutrient exportation by two summer crops (soybean and corn) in a field experiment set in a Paleudult soil, at the Agronomic Experimental Station of the Federal University of Rio Grande do Sul, Eldorado do Sul, RS, Brazil. They were evaluated three soil tillage systems, conventional (CT), reduced (RT) and no-tillage (NT) combined with two fertilization systems, mineral (with lime and commercial fertilizers) and organic (with poultry litter). Tillage and fertilization systems affected soil chemical properties over the years, although no significant differences were observed in some sampling dates. The no-tillage system was highlighted in relation to the others, especially in the surface layer in terms of values of organic matter, soil pH and available phosphorus. Organic fertilization presented higher values of soil organic matter and phosphorus in relation to mineral fertilization due to the criteria for the establishment of fertilizer doses. Under organic fertilization, soil pH values were similar to those obtained with liming due to the cumulative effect of the organic fertilizer. Soybean grain yield was relatively low for the NT and significantly lower than RT and CT systems, which did not differ. Highest maize grain yield was obtained in NT, but differences were not significant among tillage systems and between fertilization systems. Soybean grain presented lower nutrient exportation than maize grain mostly due to yield difference between both crops.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/34697
Arquivos Descrição Formato
000792653.pdf (3.424Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.