Repositório Digital

A- A A+

O tabaco no Rio Grande do Sul : análise da cadeia agroindustrial e dos possíveis impactos das políticas derivadas da convenção-quadro para o controle do tabaco sobre a economia fumageira

.

O tabaco no Rio Grande do Sul : análise da cadeia agroindustrial e dos possíveis impactos das políticas derivadas da convenção-quadro para o controle do tabaco sobre a economia fumageira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O tabaco no Rio Grande do Sul : análise da cadeia agroindustrial e dos possíveis impactos das políticas derivadas da convenção-quadro para o controle do tabaco sobre a economia fumageira
Autor Borges, Renata de Lacerda Antunes
Orientador Silva, Leonardo Xavier da
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Agroindústria
Rio Grande do Sul
Tabaco
[en] Agro industrial chain
[en] Framework convention on tobacco control
[en] Rio Grande do Sul
[en] Tobacco
[en] Tobacco economy
Resumo O objetivo do trabalho é analisar a cadeia agroindustrial do tabaco no estado do Rio Grande do Sul e os impactos do novo contexto internacional causado pela Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco sobre a economia do fumo gaúcha. O trabalho usa como metodologia uma revisão bibliográfica da literatura acerca das cadeias agroindustriais e de trabalhos empíricos que auxiliam na interpretação histórica do tabaco e caracteriza sua atual configuração, além de analisar possíveis efeitos de políticas públicas sobre o produto da cadeia fumageira. Como resultados da análise, podemos dizer que as principais microrregiões gaúchas produtoras do fumo são Santa Cruz do Sul, Pelotas e Camaquã; a relação entre os agentes produtivos da cadeia do fumo é regido por contratos e pelo Sistema Integrado de Produção, o que gera uma situação de dependência financeira, comercial e tecnológica com as fumageiras; o mercado do fumo é oligopsônico; predomina as empresas de capital estrangeiro; e a produção brasileira de cigarros é destinada ao consumo interno enquanto que a produção de folhas in natura tem como destino o comércio externo. Como conclusões, os modelos gerados pelas variáveis – crédito, produtores e área plantada – mostram que para que se tenha um bom desempenho das políticas de diversificação de culturas é necessário diminuir essas variáveis em pelo menos 30%, porém os projetos da Embrapa e de Dom Feliciano/RS já em vigor no Rio Grande do Sul possuem o potencial de reduzir em, aproximadamente, 2% o volume produzido de fumo no Estado.
Abstract The objective of this work is to analyze the tobacco agro industrial chain in the state of Rio Grande do Sul and the impacts of the new international context caused by the Framework Convention on Tobacco Control on the economics of tobacco in this State. The paper uses as methodology a bibliographic review of the literature about the agro industrial chains and empirical studies that help the historical interpretation of tobacco and characterizes its present configuration, in addition to examining possible effects of public policies on the product in the chain. As conclusions, we can say that the main Rio Grande do Sul´s regions that producing tobacco are Santa Cruz do Sul, Pelotas and Camaqua; the relationship between the actors of the chain is governed by contracts and the Integrated Production System, and that creates a situation of financial and trade dependence with the industry of the tobacco; the tobacco market is oligopsonic; predominates the foreign capital companies; and the brazilian production of cigarettes is for the domestic consumption while the production the tobacco in natura is destined to foreign trade. The models generated by the variables – credit, producers and planted area – show that to have a good performance of the policies of diversification crops is necessary to reduce these variables at least 30%, but the projects from EMBRAPA and Dom Feliciano/RS already in force in the state of Rio Grande do Sul have the potential to reduce by, approximately, 2% of the volume produced of tobacco in the state.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/34816
Arquivos Descrição Formato
000781350.pdf (1.689Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.