Repositório Digital

A- A A+

A estrutura competitiva da indústria ervateira do Rio Grande do Sul

.

A estrutura competitiva da indústria ervateira do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A estrutura competitiva da indústria ervateira do Rio Grande do Sul
Autor Antoni, Verner Luis
Orientador Luce, Fernando Bins
Data 1995
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Estrategia competitiva : Industria de transformacao : Erva mate : Rio Grande do Sul : Competitividade industrial
Resumo No presente trabalho descrevem-se e analisam-se as cinco forças competitivas na indústria ervateira do Rio Grande do Sul, segundo o modelo de análise elaborado por Michael Porter e apresentado na obra Estratégia Competitiva de 1986. O método utilizado para a análise da indústria foi o de estudos de caso. Em relação a indústria ervateira do Rio Grande do Sul, constatou-se que apresenta uma estrutura altamente fragmentada, caracterizando-se as empresas, em torno de 70%, como de micro e pequeno porte, sem a presença de líderes no mercado. Empresas de maior porte, médias e grandes, tentam adotar abordagens estratégicas diferenciadas, apoiadas na fixação de marca, na qualificação dos processos de industrialização e de distribuição. Em relação às cinco forças competitivas que afetam a rentabilidade da indústria, constatouse que, por ordem de importância, o poder de barganha dos clientes, o poder de barganha dos fornecedores e a rivalidade dos concorrentes na disputa por grandes clientes devem ser as áreas a que as empresas devem dedicar maior atenção para obterem melhor posicionamento e melhores resultados.
Abstract In the present work the five competitive forces in Rio Grande do Sul's Paraguay-tea Industry, according to the analysis model elaborated by Michael Porter and presented in the work "Competitive Strategies" of 1986 are described and analyzed. The method used for the analysis of the industry was case studies. In relation to the Paraguay-tea Industry of Rio Grande do Soul it was noted that it present a highly fragmented structure, around 70% of the companies were characterized as micro and small sized, without the presence of leaders in the market. Larger sized business, try to adopt differenciated boarding strategies locked by the fixation of brands the qualification of industrial processes and distribution. In relation to the five competitive forces that affect the Industry's rentability, it was noted that , by order of importance, the bargaining powers of the clients, the bargaining power of the suppliers and the rivalry of the competitors in the dispute of large clients should be the areas to which companies should dedicate more attention in order to obtain better placement and better results.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/34821
Arquivos Descrição Formato
000115790.pdf (689.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.