Repositório Digital

A- A A+

Análise dos mecanismos de controles internos em instituições financeiras

.

Análise dos mecanismos de controles internos em instituições financeiras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise dos mecanismos de controles internos em instituições financeiras
Outro título Analysis of mechanisms of internal control in financial institutions
Autor Dalpian, Bianca de Souza
Orientador Silva, Letícia Medeiros da
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Contábeis.
Assunto Auditoria
Bancos
Controle interno
Instituições financeiras
[en] Audit
[en] Banks
[en] Financial institutions
[en] Fraud
[en] Internal control
Resumo As organizações estão cientes que para crescer e prosperar, num mundo em constante mudança, é preciso evoluir continuamente. É necessário investir em padronizações de procedimentos e conscientizar todos os funcionários de sua importância e da dos controles internos. Assim, conhecendo os objetivos, os riscos e os controles, é possível obter um funcionamento harmônico e produtivo. Do mesmo modo, as Instituições Financeiras utilizamse de mecanismos de controles internos para protegerem-se de fraudes, corrupções, ineficiências e erros, visando salvaguardar seus ativos e garantir que as normas estabelecidas pela administração sejam seguidas. O objetivo deste estudo é analisar os mecanismos de controle interno nas instituições financeiras, com o princípio de verificar como estes auxiliam na transparência e na prevenção de fraudes. Para tanto, desenvolveu-se uma análise de caráter qualitativa, comparando a resolução nº 2.554 pelo BACEN com o pronunciamento Framework for internal control systems in banking organisations publicado pelo Comitê da Basiléia, ambos publicados no ano de 1998. Nesse sentido, verificou-se que os princípios de controle interno são fundamentais para a elaboração de informações precisas, para a proteção do patrimônio e para a conquista da eficiência operacional da instituição.
Abstract Organizations are aware that to grow and prosper in a changing world, they must continuously evolve. Investments in standardization of procedures are necessary as well as make all employees aware of their importance and internal controls. Thus, knowing the objectives, risks and controls, it is possible to obtain a harmonious and productive operation. Similarly, financial institutions make use of internal control mechanisms to protect themselves from fraud, corruption, inefficiencies and errors, seeking to safeguard their assets and ensure that the standards established by management board are followed. The aim of this study is to analyze the mechanisms of internal control in financial institutions, with the principle of checking out how these assist in transparency and fraud prevention. For this purpose, it has been developed a qualitative analysis, comparing the resolution No. 2554 of Brazil’s central bank (BACEN) with the pronouncement Framework for internal control systems in banking Organizations published by the Basel Committee, both published in 1998. In this sense, it was verified that the principles of internal control are fundamental for the development of accurate information for equity protection and the achievement of operational efficiency of the institution.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35000
Arquivos Descrição Formato
000784846.pdf (264.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.