Repositório Digital

A- A A+

Balanço de massa do processo de produção de farinha de trigo

.

Balanço de massa do processo de produção de farinha de trigo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Balanço de massa do processo de produção de farinha de trigo
Autor Pinto, Raquel Redivo
Orientador Ludwig, Eloeste
Tessaro, Isabel Cristina
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Química.
Assunto Engenharia química
Resumo O trigo foi uma das primeiras espécies cultivadas pela humanidade. O consumo do cereal se dá principalmente através do consumo de produtos que utilizam a farinha de trigo como matéria-prima, como pães, bolos, massas e biscoitos. A principal variedade de trigo cultivada no mundo é a subspécie Aestivum vulgaris, que engloba os trigos usualmente utilizados para a produção de farinha classificados usualmente pela indústria moageira como extraduros, duros, semiduros, moles ou brandos. Para cada tipo de derivado, existe um tipo de trigo apropriado para a produção de sua farinha, sendo que normalmente são utilizados blends com diferentes tipos de trigo, de modo a combinar as características de cada tipo com o intuito de obter o produto final com as propriedades desejadas. Além da natureza da mistura de trigo utilizada, o teor de umidade do trigo moído influencia significativamente as características do produto final. Muitos dos moinhos operam utilizando equipamentos antigos e sem o controle e instrumentação adequados, dificultando a operação da planta e impossibilitando o monitoramento de variáveis importantes, como a variação da umidade nas diferentes correntes de processo e controle de eventuais perdas de produto (eficiência). Uma forma de analisar estas variáveis é a aplicação de um balanço de massa ao processo de produção de farinha de trigo, desde a recepção do produto até seu envase. Com o objetivo de avaliar a quantidade de perdas e avaliar a eficiência do processo, foi aplicado um balanço de massa ao processo de produção de farinha de trigo, com base nos dados de produção do período compreendido entre os meses de janeiro e agosto de 2010, avaliando-se a quantidade e natureza das perdas de massa durante o processo, as extrações relativas ao produto, ao trigo sujo e à primeira trituração, e o rendimento de produção. Os resultados obtidos refletem a realidade da produção da planta e indicam que não há perdas de produto no processo, sendo que oriundas de corpos estranhos ao trigo são desprezíveis. Ocorre um ganho de massa, em relação à quantidade de massa inicial, relativo à umidade adicionada nas etapas de umidificação. Esta variação de massa é influenciada pelo blend processado, pelo teor inicial de umidade do trigo e pelas condições do ambiente de moagem. O processo apresenta desempenho satisfatório, com graus de extração muito próximos aos citados na literatura. Para melhoria da operacionalidade da planta, sugere-se a implantação de um sistema adequado de instrumentação e controle e o monitoramento em pontos chave do processo, como a interface entre as etapas de moagem.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35201
Arquivos Descrição Formato
000792988.pdf (753.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.