Repositório Digital

A- A A+

Caracterização do gene glnK2 de Azospirillum amazonense

.

Caracterização do gene glnK2 de Azospirillum amazonense

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização do gene glnK2 de Azospirillum amazonense
Autor Andrade, Dieime de Souza
Orientador Schrank, Irene Silveira
Co-orientador Sant'Anna, Fernando Hayashi
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase Molecular, Celular e Funcional: Bacharelado.
Assunto Genética molecular
Resumo A bactéria diazotrófica Azospirillum amazonense promove o crescimento de plantas de importância econômica e, portanto, pode ser uma alternativa sustentável à produção agrícola. Visto que o solo é um ambiente variável em relação à disponibilidade de nutrientes, as bactérias que o habitam são adaptadas geneticamente para suportar situações de restrição nutricional. O nitrogênio é um elemento essencial para os seres vivos, portanto trabalhos que visem entender os mecanismos de resposta de A. amazonense à privação desse nutriente são relevantes. As proteínas PII são transdutoras de sinal envolvidas no metabolismo do nitrogênio, são altamente conservadas e bem distribuídas entre os procariotos. Nosso grupo de estudo isolou e caracterizou dois genes parálogos de A. amazonense que codificam para proteínas PII: glnK e glnB. A análise do genoma dessa bactéria (recentemente sequenciado e em fase de anotação) revelou um terceiro gene que codifica para uma proteína PII, localizado a jusante do gene amtB (codifica para um transportador de amônia). O presente trabalho visa entender o papel de glnK2 na resposta de A. amazonense à limitação de nitrogênio e quais seriam os elementos responsáveis por sua expressão. Análises de similaridade e de filogenia mostraram que esse gene é mais relacionado com o gene glnK do que com o gene glnB, portanto foi denominado glnK2. Neste trabalho também se verificou, por análises de similaridade, os possíveis alvos de interação com as proteínas PII. O gene glnK2 está localizado na extremidade de um contig, e, através de técnicas de “caminhada cromossômica”, foram isolados fragmentos de DNA de diferentes tamanhos, que poderão contribuir para um melhor entendimento dos elementos cis-atuantes que regem a transcrição desse gene. Este trabalho também objetiva gerar um mutante de A. amazonense para o gene glnK2 e caracterizar seu fenótipo. A técnica de Cross-over PCR foi utilizada para deletar o gene glnK2. O produto gerado será clonado no vetor pk19mobsacB, que posteriormente será transferido para A. amazonense, para que o gene selvagem seja substituído.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35283
Arquivos Descrição Formato
000781625.pdf (2.317Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.