Repositório Digital

A- A A+

Descrição de um gênero novo e duas espécies novas de Characidae (Teleostei : Characiformes), da Bacia do Alto Rio Tocantins, Brasil Central

.

Descrição de um gênero novo e duas espécies novas de Characidae (Teleostei : Characiformes), da Bacia do Alto Rio Tocantins, Brasil Central

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Descrição de um gênero novo e duas espécies novas de Characidae (Teleostei : Characiformes), da Bacia do Alto Rio Tocantins, Brasil Central
Autor Correa, Guilherme Laizola Frainer
Orientador Malabarba, Luiz Roberto
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase Ambiental: Bacharelado.
Assunto Characidae
Resumo Um gênero novo de Characidae e duas espécies novas são descritas para o norte de Goiás, Brasil Central, bacia do alto rio Tocantins. O gênero novo é diagnosticado pelo perfil distal da nadadeira anal arredondada em machos adultos; alinhamento convexo dos radiais mediais dos pterigióforos da nadadeira anal de machos adultos; margem ântero-dorsal das lepidotríquias entre o sexto e o 14º raio da nadadeira anal de machos adultos alongadas; segmentos das lepidotríquias do sexto ao 14º raio da nadadeira anal de machos adultos quadrangulares, altura similar à largura; cinco proximais radiais mais anteriores longos de comprimento semelhante, decrescendo de tamanho a partir do sexto elemento; fusão dos radiais proximais com os radiais mediais nos pterigióforos da nadadeira anal, de machos, exceto nos dois últimos pterigióforos; osso basi-hial bem desenvolvido na região anterior, com aproximadamente três vezes o comprimento da porção posterior; distância entre a margem póstero-dorsal da cartilagem do osso etmóide em contato ou quase em contato, com os etmóides laterais; comprimento do processo ascendente da pré-maxila alcançando ao menos um terço do comprimento do nasal; crista lateral do ângulo-articular presente; processo horizontal do ângulo-articular coberto largamente pelo dentário que alcança a borda posterior da carlilagem de Meckel; cinco ou mais cúspides no dente anterior do maxilar; forâmen na região posterior do metapterigóide em forma de arco incompleto, posteriormente limitado pela hiomandíbula; comprimento relativo do palatino aproximadamente a metade do comprimento do ectopterigóide, ou menos; lamela óssea dorsal do quarto basibranquial ausente; desenvolvimento anterior do basihial estendido além da margem anterior dos ossos hipohiais; saída ventral do canal laterosensorial do supracleithrum coberto pela lamela posterior com abertura mediana; e ausência de ganchos nas nadadeiras pélvicas de machos adultos. As possíveis relações de gênero novo são abordadas com base em trabalho recente de filogenia para o grupo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35284
Arquivos Descrição Formato
000781629.pdf (625.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.