Repositório Digital

A- A A+

Seleção de bactérias ambientais para o controle biológico de Dysdercus peruvianus, associado ao fungo Metarhizium anisopliae

.

Seleção de bactérias ambientais para o controle biológico de Dysdercus peruvianus, associado ao fungo Metarhizium anisopliae

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Seleção de bactérias ambientais para o controle biológico de Dysdercus peruvianus, associado ao fungo Metarhizium anisopliae
Autor Perotoni, Gabriel
Orientador Schrank, Augusto
Co-orientador Silva, Walter Orlando Beys da
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Bactérias
Resumo Dysdercus peruvianus é um inseto praga da cultura de algodão, que acarreta sérios danos econômicos a essa cultura. O método utilizado atualmente para controlá-lo é através do uso de pesticidas químicos; porém, esta prática é cada vez mais é questionada pela sociedade. O impacto ambiental gerado, os custos elevados, a baixa especificidade e os riscos em sua manipulação, são exemplos de desvantagens desse tipo de controle. Em vista disso, o controle biológico surge como uma alternativa viável e cada vez mais estudada nos centros de pesquisas. Metarhizium anisopliae é um fungo filamentoso com comprovado efeito biocontrolador em diversos artrópodes, inclusive D. peruvianus. O maior entrave na adoção desse fungo, como de qualquer outro biocontrolador, é que o tempo de morte dos insetos-alvo é, geralmente, maior do que quando comparado ao seu correspondente químico. Neste trabalho, isolamos, identificamos e avaliamos, através de bioensaios, bactérias ambientais para atuarem no controle biológico de D. peruvianus associadas com M. anisopliae. Utilizamos também o inseto vetor da Doença de Chagas, o barbeiro Rhodnius prolixus, em bioensaios para avaliar a especificidade dos isolados bacterianos. Os resultados indicam que 4 isolados bacterianos efetivamente aceleram a morte de indivíduos de D. peruvianus quando associados ao fungo sendo que os dois mais eficientes foram molecularmente identificados como da espécie Pseudomonas fluorescens. Estes dois isolados de P. fluorescens não apresentaram a mesma eficiência no controle associado de R. prolixus. A formulação contendo conídios de M. anisopliae e cultura bacteriana dos isolados de P. fluorescens demonstrou eficácia com até 96% de redução do tempo de morte de D. peruvianus em relação ao controle com o fungo. Este trabalho demonstrou ser possível o uso de múltiplos agentes biocontroladores no combate a pragas agropecuárias e que essa alternativa pode representar um aumento significativo na eficiência dos agentes de controle biológico, diminuindo assim a distância que os separa dos agentes químicos atualmente usados e aumentando o interesse dos produtores em seu uso.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35288
Arquivos Descrição Formato
000782046.pdf (858.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.