Repositório Digital

A- A A+

A autoridade do professor e o prestígio da sua profissão

.

A autoridade do professor e o prestígio da sua profissão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A autoridade do professor e o prestígio da sua profissão
Autor Galland, Fabiana Andrea Barrera
Orientador Cabistani, Roséli Maria Olabarriaga
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Licenciatura.
Assunto Autoridade pedagógica
Professor
Resumo A crescente valorização da liberdade e autonomia do individuo, na sociedade atual, fizeram que a autoridade do docente ficasse comprometida, sendo comumente confundida com violência e domínio. No entanto, a idéia de não decidir ou interferir no destino dos alunos e, fazer com que ele mesmo construa os seus significados, não significa que o docente não possa exercer influências no estudante. A posição do professor no assunto abordado é essencial para que a construção da matéria se dê de forma eficaz e orientada. Contudo, os professores continuam a perder seu espaço de liderança, fazendo com que seja questionada sua função. A desvalorização docente pela sociedade pode contribuir ainda mais para esta situação. Portanto, o objetivo deste trabalho foi analisar o vínculo existente entre a dificuldade de exercer a autoridade nas escolas e a relação disso com o desprestígio da profissão docente. A metodologia utilizada foi baseada em uma abordagem qualitativa e, consistiu em uma revisão bibliográfica sobre o tema, algumas análises sobre o período de estágio realizados por mim nos anos anteriores, e principalmente, pela análise de um questionário semi-estruturado realizado com docentes de escola pública e particular, tanto do ensino médio quanto fundamental. Os resultados obtidos mostraram que os docentes entendem a importância da autoridade na sala de aula e a distinção dela do autoritarismo. A análise das respostas nos mostrou que existem algumas diferenças quanto à manutenção da autoridade em escolas públicas e particulares, evidenciando alguns pré conceitos da sociedade quanto a profissão de educador. A desvalorização da profissão foi notória nas duas instituições. A relação disso com a perda de autoridade foi confirmada por alguns professores, os quais se disseram desestimulados pela profissão, interferindo, assim, na sua autoridade.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35315
Arquivos Descrição Formato
000781814.pdf (490.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.