Repositório Digital

A- A A+

Práticas agrícolas, paisagem e terroir : um estudo na área fumicultora do município de Camaquã – RS

.

Práticas agrícolas, paisagem e terroir : um estudo na área fumicultora do município de Camaquã – RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Práticas agrícolas, paisagem e terroir : um estudo na área fumicultora do município de Camaquã – RS
Autor Santos, Francis dos
Orientador Verdum, Roberto
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Camaquã (RS)
Espaço rural
Fumicultura
Fumo
Tabaco
Territorialidade
[en] Agricultural practices
[en] Landscape
[en] Terroir
[en] Tobacco
[es] Paisaje
[es] Prácticas agrícolas
[es] Tabaco
[es] Terroir
Resumo O município de Camaquã está situado na parte centro-sul do Estado do Rio Grande do Sul. Do ponto de vista do relevo situa-se parte na Planície Costeira e outra no Planalto Sul-rio-grandense. Esse município estende-se desde as margens da Laguna dos Patos até o topo do Planalto (platô). Conforme pesquisa realizada pelos pesquisadores do Prointer, o município encontra-se em situação de dinamismo, sendo considerado o polo da área em estudo, caracteriza-se por uma agricultura diversificada e intensiva, seja patronal, ou familiar, ambas aparentemente com elevada produtividade. A expansão da fumicultura nos últimos anos na encosta do planalto nesse município instigou o estudo dessa área. Sendo assim, para tentar compreender a complexidade da relação sociedade-natureza aí existente, formulouse a questão que norteou o desenvolvimento da pesquisa: Como as práticas agrícolas adotadas pelos fumicultores de Camaquã (RS), transformam a paisagem local, assim como, implementam a constituição de um terroir do fumo? Através da observação criteriosa da paisagem foi possível analisar e interpretar a dinâmica resultante da interrelação da paisagem e as práticas agrícolas na construção de um terroir do fumo no município. A unidade da paisagem e o seu terroir representam uma porção local, com dinâmica e funcionamento diferenciados, relacionando elementos da morfologia da paisagem e a ocupação do território através dos seus sistemas produtivos, em estreita relação com o contexto histórico. A coleta de dados constou de observação dos indicadores visuais como a ocupação, as práticas, as estruturas, as relações e as formas de apropriações, de entrevistas com agricultores e informantes-chave do município, da análise documental, de fotografias e do mapeamento do meio físico. Pode-se verificar uma estreita relação do contexto histórico na construção e na modificação da Unidade de Paisagem Encosta do Planalto e na implementação do terroir, que se resumiu em momentos distintos, como, a colonização pelos portugueses, a imigração dos pomeranos e a modernização da agricultura.
Abstract The municipality of Camaquã is situated in south-central part of Rio Grande do Sul. Of point of view of relief lies part in Coastal Plain and one in Plateau Sul-riograndense. The municipality stretches from the shores of the Laguna of Patos to the top of the Plateau. According to research conducted by researchers from Prointer, the municipality is in a state of dynamism and is considered the hub of the study area, characterized by an intensive and diversified agriculture, or employers, or family, both apparently with high productivity. The expansion of tobacco growing in recent years on the slope of the plateau in this city prompted the study of this area. So to try to understand the complexity of the society-nature existing there, he formulated the question that guided the development of research: How do agricultural practices adopted by growers of Camaquã (RS), transform the local landscape, as well as implement the formation of a terroir of smoking? Through careful observation of the landscape was possible to analyze and interpret the dynamics resulting from the interplay of landscape and agricultural practices in the construction of a terroir of smoking in the municipality. The unity of the landscape and its terroir representing a local portion, with different dynamics and functioning, relating elements of the morphology of the landscape and the occupation of territory through their productive systems, in close relation with the historical context. Data collection included observation of visual indicators such as occupation, practices, structures, relations and forms of appropriation, interviews with farmers and key informants in the municipality, the analysis of documents, photographs and the mapping of the physical. You can check a close relationship with the historical context in the construction and modification of the Unit for Landscape Hill of Plateau and the implementation of terroir, which is summarized at different times, as the colonization by the portuguese, the pomeranian immigration and modernization of agriculture.
Resumen El municipio de Camaquã está situado en el parte centro-sur de Río Grande do Sul. Del punto de vista de alivio se encuentra parte de la Llanura Costera y una Meseta en el Sur-rio-grandense. El municipio se extiende desde las Orillas de la Laguna de los Patos hasta la cima del Meseta. Según un estudio realizado por investigadores de PROINTER, el municipio está en un estado de dinamismo y es considerado como el centro del área de estudio, que se caracteriza por una agricultura intensiva y diversificada, patronal, o familiar, ambos com alta con una alta productividad. La expansión del cultivo de tabaco en los últimos años en la Ladera de la Meseta en este municipio, motivó el estudio de esta área. Así que para tratar de comprender la complejidad de la sociedad-naturaleza que allí existen, formuló la pregunta que guió el desarrollo de la investigación: ¿Cómo las prácticas agrícolas adoptadas por los productores de Camaquã (RS), transforma el paisaje local, así como aplicar la formación de un terroir del humo? A través de la observación cuidadosa del paisaje fue posible analizar e interpretar la dinámica resultante de la relación del paisaje y las prácticas agrícolas en la construcción de un terroir del humo en el municipio. La unidad del paisaje y su terruño que representan una parte local, con diferentes dinámicas y funcionamiento, sobre los elementos de la morfología del paisaje y la ocupación del territorio a través de sus sistemas productivos, en estrecha relación con el contexto histórico. La compilación de datos de observación de los indicadores visuales, tales como la ocupación, las prácticas, las estructuras de relaciones y formas de apropiación, entrevistas con los agricultores y los informantes clave en el municipio, el análisis de documentos, fotografías y la cartografía de la físico. Usted puede comprobar una estrecha relación con el contexto histórico en la construcción y modificación de la Unidad de Paisaje Ladera de la Meseta y la aplicación de terroir, que se resume en diferentes momentos, como la colonización por los portugueses, la inmigración pomerania y la modernización de la agricultura.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/35397
Arquivos Descrição Formato
000792402.pdf (20.35Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.