Repositório Digital

A- A A+

Aderência de revestimentos de argamassa em substrato de concreto : influência da forma de aplicação e composição do chapisco

.

Aderência de revestimentos de argamassa em substrato de concreto : influência da forma de aplicação e composição do chapisco

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aderência de revestimentos de argamassa em substrato de concreto : influência da forma de aplicação e composição do chapisco
Outro título Mortar rendering bond in concrete substrate: influence of the application form and composition of slurry mortar
Autor Gasperin, Josiane
Orientador Masuero, Angela Borges
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Argamassa : Ensaios
Argamassa de revestimento
Patologia : Construção civil
Resistência de aderência
[en] Concrete substrate
[en] Pathological manifestations
[en] Rendering mortar
[en] Slurry mortar
[en] Tensile bond strength
Resumo Revestimentos de argamassa, embora largamente utilizados, ainda e cada vez mais, geram interesse, tanto por parte do meio acadêmico quanto pelas empresas construtoras. Este fato se deve pela, sempre presente, necessidade de melhoria da tecnologia, visando, principalmente, maior conhecimento dos elementos constituintes do sistema de revestimento e, também, devido ao grande número de manifestações patológicas ocorridas neste tipo de revestimento, em especial o descolamento. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo avaliar a influência da camada de preparo da base, o chapisco, quanto a sua forma de aplicação e composição, na resistência de aderência de revestimentos de argamassa aplicados sobre substrato de concreto de baixa porosidade. Para isso, foram moldadas placas de concreto com dimensões de (35x25x5)cm e resistência, aos 28 dias de, aproximadamente, 30MPa, que receberam argamassa de chapisco e posteriormente foram revestidos com argamassa de revestimento. Afim de isolar o efeito do chapisco, nesta pesquisa, o substrato de concreto e a argamassa de revestimento foram mantidos fixos, sendo, então, o chapisco o único elemento variável do sistema. Em relação ao chapisco variou-se sua forma de aplicação (manual e mecanizada), sua composição, onde foi analisada a mudança de granulometria (uma contínua e bem graduada e uma descontínua e mal graduada), a introdução de sílica ativa e de aditivo retentor de água. O substrato de concreto teve cura submersa em água e cal, durante 28 dias, e a argamassa de chapisco e a argamassa de revestimento foram curadas à temperatura de 23±2°C e umidade relativa do ar de 60±10% por 3 e 28 dias, respectivamente. Após 59 dias do início da moldagem, o conjunto “substrato+chapisco+argamassa de revestimento” foi submetido aos ensaios de resistência de aderência à tração e ao cisalhamento. A partir dos resultados obtidos é possível afirmar que quanto a forma de aplicação, a aplicação mecanizada utilizada, de recipiente acoplado, a canequinha, não gerou resultados satisfatórios, uma vez que para as características da argamassa de chapisco utilizada, sendo está de alta relação água/cimento, a aplicação resultou em uma camada desuniforme, mostrando que aplicação manual, mesmo rústica, para chapiscos ainda é a melhor escolha. Quanto a composição do chapisco, os melhores resultados obtidos para a resistência de aderência foram obtidos com chapiscos confeccionados com areia de granulometria contínua e bem graduada. A introdução da sílica no chapisco mostrou uma tendência de melhora para a resistência de aderência à tração e uma melhoria significativa, comprovada por análise estatística, na resistência ao cisalhamento e a introdução de aditivo retentor de água, promoveu uma melhora significativa na resistência de aderência à tração e uma tendência de melhora na resistência de aderência ao cisalhamento.
Abstract Although widely used, mortar wall coverings still generate interest by both academia and construction companies. This fact is caused by the ever-present need for improved technology, having as principal objective the more refined knowledge about the constituents of the coating system and also the large number of pathologies occurring in this type of siding, in particular its detachment. In this context, this study had the objective of analizing the influence of the application form and composition of slurry mortar on the bonding strength of coatings applied over concrete substrate. For this, concrete plates of 35x25x5cm were molded, with compressive strength at 28 days of, approximately, 30MPa. After that, the plates were coated with coating mortar and slurry mortar. In order to isolate the effect of slurry mortar in this research, the concrete substrate and mortar coating were kept fixed, and the slurry mortar is the only variable element of the system. It was varied the form of application (manual and mechanized), the composition, where were analyzed the change of sand granulometry (a continuous and well-graded, a discontinuous and bad-graded), the introduction of silica and water retaining additive. The concrete substrate was curing in water and lime for 28 days, and mortar coating and slurry mortar were cured at 23±2°C and relative humidity of 60±10%, for 3 and 28 days, respectively. After 59 days from the start of the molding of concrete plates, the "substrate+slurry mortar+mortar coating" samples were subjected to tests of tensile bond strength and shear. From the results obtained, were is can be said that the mechanized application form used did not generate satisfactory results, possibly due to high water/cement ratio of the slurry mortar used, resulting in an uneven layer, showing that manual application, even rustic, for slurry mortar is still the best choice. For the composition of slurry mortar, the best results for bond strength were obtained with slurry mortars made with well-graded sand with a continuous granulometric. The introduction of silica in the slurry mortar showed a tendency to increase the tensile bond strength and a significant increase, proven by statistical analysis, in shear bond strength. The introduction of water retaining additive, a significant improvement in tensile bond strength and a tendency to increase the shear bond strength.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/35609
Arquivos Descrição Formato
000793853.pdf (4.360Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.