Repositório Digital

A- A A+

Petrografia dos granitóides deformados na Zona de Cisalhamento Dorsal de Canguçu (Piratini/Quitéria, RS)

.

Petrografia dos granitóides deformados na Zona de Cisalhamento Dorsal de Canguçu (Piratini/Quitéria, RS)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Petrografia dos granitóides deformados na Zona de Cisalhamento Dorsal de Canguçu (Piratini/Quitéria, RS)
Autor Mesquita, Maria José Maluf de
Orientador Fernandes, Luís Alberto D'Ávila
Data 1991
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Granito : Deformacao
Granitoides
Zona de Cisalhamento Dorsal de Canguçu
Resumo A zona de cisalhamento Dorsal de Canguçu (ZCDC) é uma zona transcorrente levógira de escala crustal e direção preferencial NE, que condicionou o emplaçamento e deformação de suítes de granitóides do Cinturão Dom Feliciano ao final do Ciclo Brasiliano. Os diversos granitóides que compbe o Batólito de Pelotas podem ser divididos em pré, sin ou tardi a pós ZCDC (D2). Os metagranitóides pré-D2 do Complexo Canguçu e do Complexo Gnaissico Arroio dos Ratos são de caráter cálcio-alcalino e mostram-se deformados por um regime tangencial D com sentido dextrógiro de movimento. As estruturas lineares incluem lineaçe5es de estiramento, linea0es minerais e eixo de dobras com orientação preferencial L-W a NW e baixo caimento. Evidências microestruturais de mecanismos de plasticidade cristalina, como subgrãos e novos grãos em feldspatos, mostram que este regime ocorreu em condiOes metamórficas equivalentes às de fácies anfibolito. Os metagranitos sin-ZCDC são cálcio-alcalinos a cálcio-alcalinos alto potássio e peraluminosos, denominados de Quitéria e Arroio Francisquinho, respectivamente. Os metagranitos pré e sin D2 apresentam uma fonação milonítica homogênea precoce e são cortados por diversas faixas de cisalhamento -(D2) tardias, com a formação de rochas protomiloníticas, ortomiloniticas e ultramiloníticas. Mudanças no comportamento dos feldspatos de dúctil a frágil, bem como o aparecimento de uma assembléia mineral metamórfico-hidrotermal composta por albita, epidoto, mica branca, biotita e.ou clorita demostram que este regime tardi - D2 instalou-se predominantemente sob condiç3es retrogressivas "semelhantes" as de fácies xistos verdes.
Abstract The Dorsal de Canguçu (DCSZ) is a sinistral transcurent shear zone of crustal scale, with a NE trend. This zone has affected and controlled the emplacement of granitic rocks of Brasilian age. The granitic rocks related to the DCSZ may be divided in pre, sin or tardi to pos-tectonic (D2). The pre D2 metagranitoids, belonging to Canguçu Complex and Arroio dos Ratos gneissic Complex, have calc-alkaline character and were deformed during the DI tangencial regime with a E-W translation direction of rocks masses. That is characterized by dextral sense of moviment. Linear D structures include stretching and mineral lineations and fold axes with L-W to NW preferential orientation, and low plunge. Microstructural evidence of crystal plasticity, as subgrains and new grains in feldspars, show that Dl deformation occurred in metamorphic conditions equivalent to amphibolite facies. The sin-D2 (DCSZ) metagranitic rocks are calc-alkaline to high-K calc-alkaline and peraluminous (Quitéria and Arroio Francisquinho respectively). The pre and sin-D2 metagranitic rocks present an early homogenous mylonitic foliation and cut by several late discrete shear zones (D2), that produce protomylonites, orthomylonites and ultramylonites. The change in feldspat benavior, from ductile to brittle, and the formation of a metamorphic-hydrothermal mineral assemblage composed by albite, epidote, white mica, biotite and/or chlorite demostrate that this tardi-D2 deformation took place under predominantely retrogressive conditions (green schist facies).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/35925
Arquivos Descrição Formato
000032669.pdf (11.09Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.