Repositório Digital

A- A A+

Indicador de qualidade assistencial e processo de enfermagem como ferramentas de qualificação para o cuidado ao paciente com úlcera por pressão

.

Indicador de qualidade assistencial e processo de enfermagem como ferramentas de qualificação para o cuidado ao paciente com úlcera por pressão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Indicador de qualidade assistencial e processo de enfermagem como ferramentas de qualificação para o cuidado ao paciente com úlcera por pressão
Autor Santos, Cássia Teixeira dos
Orientador Lucena, Amália de Fátima
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Diagnóstico de enfermagem
Indicadores de qualidade
Úlcera por pressão
Resumo Trata-se de um recorte de um estudo maior que se propõe contribuir para o conhecimento da frequência de ocorrência da UP, bem como para a qualificação do indicador de qualidade assistencial de enfermagem de um hospital universitário. Os objetivos foram: identificar a frequência de ocorrência da UP em pacientes que estavam em risco para esta complicação, avaliados pela Escala de Braden e com escore total < 13; identificar quais destes pacientes, que desenvolveram UP grau II ou mais, foram registrados no sistema de comunicação de indicador de qualidade assistencial; verificar se os pacientes que apresentaram UP grau II ou mais, descritas nas evoluções de enfermagem, foram comunicados pelo indicador de qualidade assistencial de UP e identificar o perfil clínico e os diagnósticos de enfermagem (DEs) destes pacientes que desenvolveram UP grau II ou mais. A amostra constou de 188 internações de pacientes adultos hospitalizados em unidades clínicas e cirúrgicas, no período de janeiro-julho de 2008. Os dados foram coletados retrospectivamente, em banco de dados, em prontuário eletrônico e papel e, em sistema informatizado de indicadores de qualidade assistencial. A análise foi estatística descritiva. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da instituição sob o protocolo número 11-0010. Os resultados referentes às 188 internações de pacientes que estavam em risco para UP, com escore <13 na Escala de Braden e sem UP no momento da internação, apontou uma frequência de ocorrência de 36 (19%) casos de UP durante o período de hospitalização, 17 (47,2%) UP grau I e 19 (52,8%) UP grau II ou mais. Os casos de UP só são comunicados pelo sistema de indicador de qualidade assistencial quando em grau II ou mais, verificou-se uma frequência de ocorrência de 10% deste agravo na amostra total (188) dos pacientes. Entretanto, observa-se que somente 6 (3%) casos de UP foram notificados pelo sistema de indicador de qualidade assistencial, constatando-se a subnotificação do dado. A maioria dos pacientes que apresentou UP grau II ou mais (19) tinha idade média de 67 anos (+ 23,2). O sexo predominante foi o feminino, em 12 (63%) casos, com tempo mediano da internação de onze (+ 6-29) dias, em unidades clínicas 11 (58%). A média do escore total na Escala de Braden foi 11. Os principais motivos de internação e comorbidades dos pacientes foram doenças cerebrovasculares, cardiovasculares, geniturinárias, metabólicas e psiquiátricas. Os DEs mais frequentemente estabelecidos foram Risco de infecção, Déficit do autocuidado: banho e higiene, Padrão respiratório ineficaz, Mobilidade física prejudicada, Síndrome do déficit do autocuidado, Nutrição desequilibrada: menos que as necessidades corporais, Integridade da pele prejudicada, Alteração na eliminação urinária, Diarréia, Integridade tissular prejudicada, Risco para função respiratória prejudicada e Risco para prejuízo da integridade da pele. Os principais fatores relacionados aos DEs foram Prejuízo neuromuscular/musculoesquelético e Imobilidade. As implicações para a prática de enfermagem são as de que permitirão direcionar ações para o cuidado à prevenção da UP e qualificar o sistema de registro deste indicador de qualidade assistencial.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35962
Arquivos Descrição Formato
000816247.pdf (1.677Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.