Repositório Digital

A- A A+

A invenção do pedagogo generalista : problematizando discursos implicados no governamento de professores em formação

.

A invenção do pedagogo generalista : problematizando discursos implicados no governamento de professores em formação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A invenção do pedagogo generalista : problematizando discursos implicados no governamento de professores em formação
Autor Carvalho, Rodrigo Saballa de
Orientador Souza, Nádia Geisa Silveira de
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Curso de Pedagogia
Estudos culturais
Formação
Foucault, Michel, 1926-1984
Professor
[en] Bachelor of education course
[en] Cultural studies
[en] Discourse
[en] Generalist pedagogue
[en] Governmentality
[en] Michel Foucault
Resumo Esta Tese, a partir da linha de pesquisa dos Estudos Culturais em Educação e das contribuições dos Estudos desenvolvidos por Michel Foucault, entre outros autores que trabalham em uma perspectiva pós-estruturalista, tem como objetivo problematizar os discursos implicados na invenção do pedagogo generalista e em seu correlato governamento. Pedagogo generalista, entendido a partir da homologação das Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia (2006), como o profissional habilitado para atender a educação de crianças de zero a dez anos, de jovens e adultos, o ensino médio na modalidade normal, a gestão escolar e cursos técnicos na área educacional. Para produção dos dados da pesquisa, foi ministrado um curso de extensão na área de Educação Infantil com duração de vinte horas, que contou com a participação de vinte cinco acadêmicas do Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Durante a realização do curso, foram propostas atividades envolvendo a escrita de narrativas, produções visuais, análises fílmicas, análises de obras de arte, esquetes teatrais e rodas de conversa, tendo em vista a discussão das práticas implicadas no processo formativo. Através da análise dos discursos decorrentes das produções escritas das participantes da pesquisa, são evidenciadas produtivas estratégias de governamento (e autogovernamento) que operam (intensamente) na constituição das mesmas enquanto futuras pedagogas. Para tanto, inicialmente, são apresentadas na Tese algumas notas a respeito da história do curso de Pedagogia em nosso país, evidenciando a vontade de poder e de saber presente nos discursos (críticos) legais, que historicamente têm prescrito (e circunscrito de um determinado modo) a formação do pedagogo enquanto profissional da educação – responsabilizado (muitas vezes) pela mudança social através de seu trabalho. Em um segundo momento, são analisados os discursos das Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para formação do pedagogo, destacando a ênfase acentuadamente moral e normalizadora presente nas orientações da legislação que norteiam atualmente os cursos de Pedagogia em nosso país. Nesse âmbito, são enfocados os jogos de verdade (que procuram definir modos de ser pedagogo) presentes nos discursos das acadêmicas participantes da pesquisa. As memórias de formação, a produção da gramática normativa do “bom professor”, o imperativo do amor aos alunos e a gestão da formação são as estratégias de governamento problematizadas no decorrer da pesquisa – entendidas, desse modo, como unidades analíticas da Tese. Portanto, a partir das análises desenvolvidas, é visível o governamento operado sob as acadêmicas em formação e o processo de normalização incorporado nos discursos das mesmas (autogovernamento) – uma espécie de reedição dos ditos que estão em voga no meio educacional. Por outro lado, também é possível perceber que a necessidade e viabilidade de promover espaços (permanentes) de discussão e produção de novas experiências formativas desde a graduação, problematizando com os próprios acadêmicos os discursos que os tornam pedagogos de um determinado tipo, ou seja – críticos (que lutam destemidamente pela “salvação” do mundo através da educação), cognitivistas (que assumem os discursos da psicologia enquanto saber científico), afetuosos (que tomam o amor como imperativo principal do trabalho que desenvolvem) e gestores da profissão (que incorporam o empreendedorismo e a correlata cultura do management em suas vidas), entre outras tantas características, “pasteurizam” a docência e impedem o exercício ético de composição da professoralidade dos mesmos.
Abstract This thesis joined to Cultural Studies in Education, to the contributions of Michel Foucault‟s studies, and other post-structuralist authors, aims to debate the discourses on the invention of the generalist pedagogue and on his/her governmentality. From the approval of New National Curriculum Guidelines for the Bachelor of Education course (2006), generalist pedagogue is understood as the professional enable to deal with from zero-to-ten-years-old children, youth and adult education, high school in the professorship course, the school management, and technical courses in education. For the production of research data, a twenty hours course was taught to twenty-five students of area of the early childhood education. They were academics from Faculdade de Educação at UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). During the course, many activities were proposed, such as writing narratives, visual productions, movie analyses, works of art analyses, theatrical sketches, and conversation, in order to discussing the practices in the process of teacher training. Through discourse analysis came from the participants‟ writings, governmentality (and self-governmentality) strategies became evident. They work (hard) to the constitution of the academic participants as future pedagogues. Thus, some notes about the history of the Bachelor Education Course in Brazil are initially presented in this thesis. These notes show the will to power and knowledge in legal (critical) discourses which have historically prescribed (and have limited in a certain way) the training of pedagogues as professionals of education – who are (usually) seen as the responsible for social changes through their work. In a second step, the discourses on New National Curriculum Guidelines for training of pedagogue are analyzed. Through these analyses, it is possible to highlight the strong emphasis on morality and standardization which are presented in the guidelines of the currently legislation that adjusts the Bachelor of Education Course in Brazil. In this context, this thesis focuses on the truth games (which aim to define ways of being a pedagogue) presented in the discourses of the academic participants. Memories of training, production of the grammar rules of “the good teacher”, the imperative of love for students and management training are strategies of governmentality discussed during the research – understood as analytical units of this thesis. Therefore, from the developed analyses, the governmentality undertaken the academics and the standardization process embedded in their discourses (self governmentality) are remarkable – it is a kind of replay of the sayings that are in vogue in the educational scope. On the other hand, it is also possible to notice the need and the feasibility of promoting (permanent) spaces for discussion and production of new teacher training since graduation, discussing with academics the discourses that make them pedagogue of the particular type, that is, critical pedagogue (the ones who courageously fight for the “salvation” of the world through education), cognitive pedagogue (the ones who take the psychology discourse as a scientific knowledge), affectionate pedagogue (the ones who assume that love is the main goal of their work), the manager pedagogue (the ones who incorporate in their lives the entrepreneurship with a management culture), besides many other features that “pasteurize” the teaching and prevent the ethical exercise of a composition of professorial pedagogue.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/36334
Arquivos Descrição Formato
000817189.pdf (2.911Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.