Repositório Digital

A- A A+

O cooperativismo de crédito solidário e as representações sociais da cooperação nos municípios de Araponga e Tombos (MG)

.

O cooperativismo de crédito solidário e as representações sociais da cooperação nos municípios de Araponga e Tombos (MG)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O cooperativismo de crédito solidário e as representações sociais da cooperação nos municípios de Araponga e Tombos (MG)
Autor Martins, Márcia Eliana
Orientador Filippi, Eduardo Ernesto
Co-orientador Dias, Marcelo Miná
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Araponga (MG)
Cooperativismo
Crédito agrícola
Economia solidária
Tombos (MG)
[en] Cooperation
[en] Ecosol
[en] Social representations
[en] Zona da Mata Mineira
Resumo A proposta deste trabalho é a de analisar o cooperativismo de crédito solidário, sob a ótica das representações sociais acerca da cooperação, construídas pelos associados de duas cooperativas de crédito solidário na Zona da Mata de Minas Gerais e a possível influência desta representação no funcionamento de tais cooperativas. Os estudos foram realizados nos municípios mineiros de Tombos e Araponga, junto aos associados das Cooperativas de Crédito da Agricultura Familiar e Economia Solidária – Ecosol Araponga e a Ecosol Zona da Mata e Leste de Minas Gerais. Estas cooperativas são as únicas representantes do Sistema Ecosol no Estado e despontam como experiências exitosas do ponto de vista da ação coletiva, visto que se inserem em municípios em que os agricultores tem ampla participação no movimento sindical. Para alcançar os objetivos propostos, a metodologia utilizou-se de dados secundários para obter informações acerca do histórico das cooperativas e do perfil dos agricultores familiares que formam seus quadros sociais, além de entrevistas semiestruturadas, de diário de campo e de observação participante. A partir dos dados obtidos percebeu-se que a representação social da cooperação apresentada pelos entrevistados é uma representação basicamente positiva e está significativamente ligada ao histórico de envolvimento deste grupo com a constituição destas cooperativas. É a partir deste envolvimento, seja por meio de capacitações ou pelo contato direto com suas operações, que o grupo passou a reproduzir um discurso sobre a cooperação derivado, em parte, da percepção que possuem sobre esta organização e, em parte vinculado às experiências cotidianas anteriores formadoras do universo de significados destes.
Abstract This paper’s proposal is to analyze the solidary credit cooperativism, in perspective of the social representations about the cooperation, built by members of two Solidary Credit Cooperatives in Zona da Mata of Minas Gerais and this representation’s possible influence at the operationalization of these cooperatives. Studies were performed at the small towns of Tombos and Araponga among members of Credit Cooperatives of Family Farmers and Solidary Economy – Ecosol Araponga and Ecosol Zona da Mata e Leste de Minas Gerais. These Cooperatives are the only representatives of Ecosol System in the state and emerge as successful experiences from the collective action’s point of view once they are introduced where the farmers have broad participation at union movement. To achieve the proposed objectives, the methodology we used of secondary data to obtain the information about the history of cooperatives and the farmers and farmers’ family who form their social contexts. Were also made semi-structured interviews, of field diary and participant observation. From the data obtained it was noticed that the social representation of the cooperation presented by the respondents is a representation basically positive and it is significantly linked to this group’s history of involvement with the cooperatives’ constitution. It is from this involvement, either by skills or by direct contact with its operations, that the group started to make a speech about cooperation in part from the perception they have about these organizations and, partly linked to previous everyday experiences, forming its universe of meanings.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/36390
Arquivos Descrição Formato
000816619.pdf (2.622Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.