Repositório Digital

A- A A+

Ensaios sobre política monetária

.

Ensaios sobre política monetária

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ensaios sobre política monetária
Autor Andrade, Carlos Henrique Coêlho de
Orientador Hillbrecht, Ronald Otto
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Desemprego
Econometria
Inflação
Macroeconomia
Política monetária
Resumo Esta tese é composta por três ensaios. O primeiro deles construiu um conjunto de indicadores para as condições monetárias e financeiras no Brasil que levam em consideração as interações entre a política monetária e o setor financeiro: os chamados índices de condições monetárias (MCI) e financeiras (FCI). Tais índices são capazes de sintetizar os efeitos das principais variáveis monetárias e financeiras sobre a atividade econômica. Em um ambiente financeiro cada vez mais sofisticado, como é o caso do Brasil, é importante que se leve em consideração não apenas o impacto direto da política monetária, mas também o impacto da interação entre a política monetária e o setor financeiro (medida pelos MCIs e FCIs). Adicionalmente, foram realizados testes para avaliar se tais índices são capazes de prever movimentos futuros do produto real. O primeiro teste utilizado foi o da causalidade de Granger, que concluiu que os índices de condições monetárias e financeiras causam, no sentido de Granger, o PIB. Em seguida verificou-se o poder de previsão dos MCIs e FCIs fora da amostra, concluindo-se que, em geral, os índices apresentaram uma melhor performance quando comparados aos valores defasados do próprio PIB. O segundo ensaio procurou analisar os impactos da abertura econômica, em suas vertentes comercial e financeira, sobre a dinâmica inflacionária e a condução da política monetária no Brasil. Estimativas da curva de Phillips indicaram que a abertura comercial reduz o impacto do hiato doméstico sobre a inflação, enquanto que estimativas da regra de Taylor apontaram que tanto o hiato do produto americano quanto a abertura financeira foram capazes de diminuir o peso do hiato doméstico sobre a política monetária. Com o intuito de obter informações adicionais sobre as inter-relações entre inflação e juros domésticos e a abertura econômica, o presente trabalho investigou a evolução desses impactos ao longo do tempo, empregando a técnica de regressão com janela móvel e os modelos com parâmetros variando no tempo (TVP). Em ambos os casos os resultados não forneceram indícios suficientemente fortes de o setor externo tem se tornando o principal determinante da inflação e da política monetária. Apesar das estimações dos modelos TVP apontarem heterogeneidade nos impactos da abertura comercial e financeira, as trajetórias destes não apontam uma tendência clara. O terceiro ensaio investigou os impactos de distúrbios nos mercados financeiros sobre a atividade econômica real e, dessa forma, sobre a condução da política monetária. A análise dos impactos apoiou-se em duas metodologias, uma linear (via autorregressão vetorial, VAR) e outra não linear (via autorregressão vetorial com efeito limiar, TVAR). A análise linear mostrou que elevações no índice de estresse financeiro (FSI) possuem impactos estatisticamente significativos sobre o hiato, a inflação e os juros, sendo que o impacto sobre o hiato é negativo e sobre as demais variáveis é positivo. Já na análise não linear, que considerou a existência de dois regimes (um marcado pelo elevado estresse financeiro e o outro com pouco ou nenhum estresse), as funções de resposta ao impulso indicaram que em períodos caracterizados por elevado estresse a política monetária aparenta ser menos eficaz. Além disso, a autoridade monetária reage (via elevação dos juros) de forma consideravelmente mais agressiva às flutuações no hiato e na inflação em um ambiente de estresse financeiro elevado.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/36404
Arquivos Descrição Formato
000794488.pdf (5.267Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.