Repositório Digital

A- A A+

Estatistica espacial e análise de cluster em dados de desastres naturais : mapeamento das estiagens e inundações no Rio Grande do Sul entre 2003 e 2009

.

Estatistica espacial e análise de cluster em dados de desastres naturais : mapeamento das estiagens e inundações no Rio Grande do Sul entre 2003 e 2009

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estatistica espacial e análise de cluster em dados de desastres naturais : mapeamento das estiagens e inundações no Rio Grande do Sul entre 2003 e 2009
Autor Rodrigues, Andrigo
Orientador Fachel, Jandyra Maria Guimarães
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Matemática. Departamento de Estatística. Curso de Estatística: Bacharelado.
Assunto Estatística aplicada : Meio ambiente
Estatistica espacial : Analise de dados espaciais : Estudo quantitativos de fenomenos no espaco
Resumo Todos os anos boa parte dos municípios do Rio Grande do Sul sofrem com a ocorrência de eventos extremos, que acabam se configurando em desastres naturais devido aos prejuízos socioeconômicos e humanos gerados. Entre 2003 e 2009, foram registrados pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Rio Grande do Sul (CEDEC/RS) 1.640 desastres naturais, atingindo 94,6% dos municípios do estado e mais de 7.500.000 pessoas. Destes 1.640 desastres registrados, 64,6% (1.060) foram eventos de estiagens e 11% (181) de inundações, representando 75,6% do total de desastres naturais ocorridos neste período. Assim, este estudo visa analisar os padrões destas ocorrências de estiagens e inundações nos municípios do Rio Grande do Sul, registradas pela (CEDEC/RS), entre 2003 e 2009, focando nos danos socioeconômicos e humanos causados por estes eventos. No período estudado, foram identificadas duas grandes estiagens, sendo que a primeira resultou na decretação de situação de emergência de 381 municípios em um período de 88 dias (entre 02/02/2004 e 29/04/2004), atingindo cerca de 1.680.000 habitantes gaúchos. A segunda grande estiagem fez 404 municípios decretarem situação de emergência em um período de 85 dias (entre 27/12/2004 e 21/03/2005), afetando em torno de 2.456.000 moradores do estado. Em 37 municípios gaúchos houve registros de inundação e em menos de seis meses depois, o registro de estiagens, evidenciando, talvez, uma falta de medida preventiva, como por exemplo, o armazenamento da água das chuvas em reservatórios para a utilização em épocas de estiagem. A análise de cluster identificou quatro grupos de municípios com prejuízos socioeconômicos e humanos homogêneos, devido à ocorrência de inundações no período estudado. Por fim, este trabalho traz um manual de utilização do software TerraView, em forma de tutorial, mostrando o passo a passo para trabalhar com dados georreferenciados em ambiente SIG.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/36533
Arquivos Descrição Formato
000818445.pdf (3.850Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.