Repositório Digital

A- A A+

O sistema da unicidade como limitador da liberdade sindical

.

O sistema da unicidade como limitador da liberdade sindical

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O sistema da unicidade como limitador da liberdade sindical
Autor Monteiro, Aline Rodrigues
Orientador Dorneles, Leandro do Amaral Dorneles de
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Comite de liberdade sindical
Liberdade sindical
Organizacao internacional do trabalho
Unicidade sindical
[en] Committee on freedom of association (CFA)
[en] Freedom of association
[en] International labour organization (ILO)
[en] Syndical pluralism
[en] Syndical unicity
[en] Syndical unity
Resumo Este breve estudo tem por objetivo analisar, à luz da Constituição Federal (CF/88) vigente e da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), bem como das convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e das decisões de seu Comitê de Liberdade Sindical (CLS), o sistema sindical adotado no Brasil, que é o da unicidade sindical, e a sua legitimidade. Nessa análise, pretende-se verificar o porquê do acolhimento desse sistema sindical no Estado brasileiro, assim como as peculiaridades desse modelo. Além disso, será feita, depois do devido exame conceitual e histórico, uma comparação entre os sistemas da unicidade, pluralismo e unidade sindicais, como também a correlação entre eles e o princípio da liberdade sindical, apontando-se as vantagens e desvantagens de cada um deles. Observarse- á que as posições doutrinárias divergem sobre qual seria o mais apropriado à realidade brasileira.
Abstract This brief study aims to analyse, in accordance with the Federal Constitution (FC/88) in vigour and with the Consolidation of Labor Laws (CLL), and also with the International Labour Organization (ILO) conventions and with the decisions of ILO´s Committee on Freedom of Association (CFA), the syndical system adopted in Brazil, which is the syndical unicity and its legitimacy. In this analysis, is intended to examine why this syndical system was received in Brazilian State, as well as the peculiarities of this model. Besides, it will be made, after the due conceptual and historical examination, a comparison between the syndical systems of unicity, pluralism and unity, and also the correlation between them and the principle of freedom of association, indicating the advantages and disadvantages of each one. It will be noticed that the doctrinal positions disagree about which one of them would be proper to brazilian reality.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/36540
Arquivos Descrição Formato
000818106.pdf (323.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.