Repositório Digital

A- A A+

Políticas e práticas de recursos humanos em uma microempresa

.

Políticas e práticas de recursos humanos em uma microempresa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Políticas e práticas de recursos humanos em uma microempresa
Autor Fernandes, Luciane Cardozo
Orientador Costa, Silvia Generali da
Co-orientador Höpner, Aline
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Qualificação profissional
Recursos humanos
Treinamento de pessoal
Resumo Desde meados da década passada consolida-se no mundo dos negócios a ideia de que, no novo modelo econômico, a capacidade de geração de riqueza está mais associada a características intangíveis da organização do que os ativos tradicionais. E é o capital humano o principal diferencial competitivo. Esta realidade também está inserida dentro das micro e pequenas empresas, as quais são um dos pilares de sustentação da economia brasileira. Apesar da valorização dos recursos humanos ainda falta tratamento compatível com a importância econômica no contexto nacional. Assim para compreender tal perspectiva, o objetivo deste estudo é verificar quais as políticas e práticas de Recursos Humanos adotadas em uma microempresa e como se relacionam com as práticas de treinamento. Num primeiro momento o intuito é identificar como os gestores da empresa estruturam tais políticas e práticas. Em seguida, levantar as necessidades de qualificação, treinamento e desenvolvimento dos funcionários e também de aprimoramento da microempresa pesquisada. O universo de entrevistados foi de 09 (nove), entre setor operacional, secretaria e gestora. Após a aplicação das entrevistas, foi feita uma análise interpretativa dos dados, buscando identificar pontos positivos e negativos da empresa. Os positivos serviriam como primeiro incentivo para suprir as possíveis carências elucidadas nos negativos, sempre visando o estabelecimento de relações duradouras entre empresa, colaboradores e clientes. Através de um Levantamento de Necessidades de Treinamento – onde a autora buscou informações por intermédio de técnicas de coleta de dados, como análise documental e as entrevistas por pautas – foi possível identificar políticas norteadoras dos objetivos da empresa, uma forte integração profissional, bem como necessidades de qualificação, treinamento e desenvolvimento dos funcionários e aprimoramento da organização. Sendo concebível deduzir, a partir dos resultados, que embora exista a coordenação entre as atividades dentro da empresa, com estabelecimento de vínculos profissionais, há carência na infra-estrutura, não há utilização maximizada dos benefícios tecnológicos e a satisfação final acaba ficando prejudicada. Então são feitas sugestões de melhorias, visando o ganho otimizado do capital humano - que é principal ativo das organizações, norteando as políticas e práticas de RH, sendo também condicionante e condicionado pelas relações que estabelecem entre indivíduo e empresa, constituindo instrumentos privilegiados para alavancar e impulsionar mudanças organizacionais.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/36658
Arquivos Descrição Formato
000792040.pdf (322.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.