Repositório Digital

A- A A+

Análise do processo de aprendizagem organizacional em uma agência bancária

.

Análise do processo de aprendizagem organizacional em uma agência bancária

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise do processo de aprendizagem organizacional em uma agência bancária
Autor Plautz, Luciano Lotário
Orientador Costa, Silvia Generali da
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Aprendizagem organizacional
Gestão do conhecimento
Motivação
Resumo O principal objetivo desse estudo foi analisar os fatores que contribuem para a aprendizagem organizacional no Banco Modelo, tendo como referência a obra de Senge (2002). Com os objetivos específicos buscou-se entender o processo de aprendizagem em uma organização. Identificar fatores que contribuem para a aprendizagem organizacional, identificar as práticas que a organização adota para o alcance da aprendizagem organizacional e ainda propor alternativas para melhoria do processo de aprendizagem organizacional. Na técnica de coleta de dados foi utilizada uma entrevista semi-estruturada, almejando atingir informações referentes aos objetivos do trabalho. Junto ao corpo do trabalho, encontra-se a descrição dos procedimentos que foram abordados durante a execução da pesquisa. Os resultados da pesquisa evidenciam que os contatos e as inter-relações entre as pessoas constituem-se num fator-chave que permite o processo de aprendizagem segundo as cinco disciplinas de Senge (2002). Estas premissas são levadas a efeito pela empresa, onde se pode afirmar que há existência de um ambiente propício e aberto às práticas de aprendizagem, isto é, os respondentes praticam as disciplinas de Peter Senge (2002), ainda que não de forma explícita, pelo próprio desconhecimento das disciplinas. Assim pode-se perceber que por um lado, comportam-se diferentemente, mas, por outro lado, demonstram consenso em seus posicionamentos. O estudo aponta para a necessidade de se reconhecer explicitamente que a organização tem um papel fundamental no processo de criação do seu conhecimento, facilitando a realização de atividades em grupo, de forma a permitir a recriação e o armazenamento do conhecimento individual. Pois os processos de criação do conhecimento organizacional acontecem com a ação de apoiar o indivíduo criativo e cultivar um ambiente adequado à sua criação.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/36659
Arquivos Descrição Formato
000792045.pdf (240.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.