Repositório Digital

A- A A+

Qualidade de vida no trabalho na agência "Cifrão" do Banco "Moeda" : percepção dos funcionários

.

Qualidade de vida no trabalho na agência "Cifrão" do Banco "Moeda" : percepção dos funcionários

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade de vida no trabalho na agência "Cifrão" do Banco "Moeda" : percepção dos funcionários
Autor Silva, Josué Topp da
Orientador Garay, Angela Beatriz Scheffer
Co-orientador Höpner, Aline
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Qualidade de vida no trabalho
Trabalho bancário
Resumo O conceito da palavra “trabalho”, ao longo dos tempos, sofreu diversas alterações. Hoje, ele é imprescindível, principalmente como fonte de renda. Além disso, ele pode ser uma maneira de se obter prazer e reconhecimento. Em um mundo cada vez mais globalizado, o trabalho acaba tomando uma grande parte do tempo das pessoas em seu dia-a-dia. Dada a importância deste período do dia que normalmente se passa longe da família e amigos, e que para muitos não passa de um modo de se obter subsídios para o sustento, deve-se pensar cada vez mais em “Qualidade de Vida no Trabalho”. O objetivo principal desta pesquisa é analisar a percepção que os funcionários da agência “Cifrão” do Banco “Moeda” têm a respeito do tema “Qualidade de Vida no Trabalho”, mostrando a política adotada pelo banco, identificando os fatores positivos e os que não estão contribuindo para este fim. Para tanto, serão apresentados alguns modelos que se referem ao tema em questão, sendo que a linha adotada será a fornecida por Walton (1973) através de seus oitos fatores e demais critérios. A pesquisa foi feita em um banco de grande expressão no Brasil e o método de pesquisa utilizado foi o estudo de caso, por se tratar de um estudo contemporâneo. É uma pesquisa descritiva com método quantitativo para se analisar um número maior de funcionários. Como instrumento de coleta de dados foi escolhido o questionário fechado, que foi aplicado a uma população de 26 funcionários. O resultado final da pesquisa mostrou que o banco conta com um programa de qualidade de vida bastante amplo e que praticamente todos os fatores de Walton (1973) apresentaram-se de forma positiva de acordo com os funcionários da agência, sendo que apenas quatro desses critérios não corresponderam ao ideal.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/36695
Arquivos Descrição Formato
000791771.pdf (754.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.