Repositório Digital

A- A A+

Evolução geológica da região de Pitinga (Amazonas) e suas implicações na gênese da mineralização de Sn-Nb-Ta-F (Y, ETR, Li) associada ao granito madeira

.

Evolução geológica da região de Pitinga (Amazonas) e suas implicações na gênese da mineralização de Sn-Nb-Ta-F (Y, ETR, Li) associada ao granito madeira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução geológica da região de Pitinga (Amazonas) e suas implicações na gênese da mineralização de Sn-Nb-Ta-F (Y, ETR, Li) associada ao granito madeira
Autor Costa, Clovis Fernando de Moura
Orientador Bastos Neto, Artur Cezar
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Amazônia
Geologia isotópica
Geoquímica
[en] Albite
[en] Amazon
[en] Cryolite
[en] Granite
[en] Pitinga
[en] Source rock
Resumo A jazida do granito Madeira, associada à fácies albita granito, é um depósito de classe mundial com minério disseminado de Sn, Nb, Ta e F (Y, ETR, Li, U, Th) e, em sua parte central, contém um depósito de criolita maciça com 10 Mt (teor de 38% de Na3AlF6). O objetivo do trabalho foi compreender que contexto geológico permitiu a formação desta associação rocha-minério única no mundo. Para tanto, foram efetuados estudos isotópicos (Sm-Nd, Rb-Sr e Pb-Pb) e estudos tectônicos, enfocando o granito Madeira, seus correlatos e as rochas regionais. Durante uma primeira fase extensional, formaram-se as rochas vulcânicas do Grupo Iricoumé (1.890 a 1881 Ma), constituindo um complexo de caldeiras, e os corpos graníticos associados da Suíte Intrusiva Mapuera, ambos gerados a partir de fontes mantélicas. Concomitantemente aos estágios finais do vulcanismo iniciou-se a sedimentação na bacia Urupi (possivelmente um rift), acompanhada por um segundo pico de vulcanismo há 1.825 Ma. Fluidos mantélicos migraram para a zona afetada pela extensão regional, ascenderam acompanhando as isotermas e iniciaram a fenitização da crosta. Na continuidade deste processo, durante uma segunda fase extensional, rochas até refratárias tornaram-se fusíveis e originaram 5 magmas diferentes, todos com assinatura de fonte crustal e mantélica, que se posicionaram, entre 1.839 e 1.824 Ma, em estruturas geradas na fase anterior, formando os 3 corpos graníticos da Suíte Madeira. Numa terceira fase tectônica, desta feita transtensiva, fluidos mantélicos, possivelmente de natureza carbonatítica, fenitizaram rochas de nível crustal mais alto, enriquecidas em Sn, e nelas introduziram F, Nb, Y, ETR, U e Th em concentrações anômalas. Da fusão destas rochas resultou o magma do albita granito que se alojou, há 1.822 Ma, dentro do granito Madeira, mas com uma orientação N-S discordante da orientação geral NE-SW do granito Madeira e da estrutura que o aloja.
Abstract The deposit of the Madeira granite, associated with albite granite facies is a world-class deposit with disseminated ore of Sn, Nb, Ta and F (Y, REE, Li, U, Th), and its central part contains a deposit of massive cryolite with 10 Mtons (containing 38% of Na3AlF6). The objective was to understand the geological context to the formation of ore-rock association unique in the world. Therefore isotopic studies were performed (Sm-Nd, Rb-Sr and Pb-Pb) and tectonic studies focusing on the Madeira granite, its related and regional rocks. During a first extensional phase volcanic rocks of the Iricoumé Group (1890 to 1881 Ma) was originated forming a caldera complex and granitic bodies associated with Mapuera Intrusive Suite, both generated from mantle sources. At the same time the final stages of volcanism began the sedimentation in Urupi basin (possibly a rift), followed by a second peak of volcanism in 1825 Ma ago. Mantle fluids migrated to the area affected by regional extension rose following the isotherms and started the fenitization crust. Continuing this process in a second extensional phase , rocks become refractory and fuses originating 5 different magmas, all with crustal signature and mantle source, which is positioned between 1839 and 1824 Ma, in structures generated in previous phase, forming 3 granitic bodies of Madeira suite . In a third tectonic phase,, this time transtensive, mantle fluid, possibly of a carbonatitic fenitizated rocks from higher crustal level , enriched in Sn, and introduced F, Nb, Y, REE , U and Th in anomalous concentrations. The fusion of these rocks resulted in the albite granite magma that has positioned, there in 1822 Ma, within the Madeira granite, but with a NS orientation ,discordant of the general NE-SW of Madeira granite and the structure that it was contained.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/36790
Arquivos Descrição Formato
000817919.pdf (12.88Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.