Repositório Digital

A- A A+

A Monocultura do eucalipto e a monopolização do território na metade sul do Rio Grande do Sul

.

A Monocultura do eucalipto e a monopolização do território na metade sul do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A Monocultura do eucalipto e a monopolização do território na metade sul do Rio Grande do Sul
Outro título The monoculture of eucalyptus and the monopolization of territory in the southern half of Rio Grande do Sul
Autor Morelli, Luiz Alberto da Silva
Orientador Suertegaray, Dirce Maria Antunes
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Geografia ambiental
Monocultura
Rio Grande do Sul
Territorio
[en] Eucalyptus
[en] Southern region
[en] Territory
Resumo Esta pesquisa está inserida no campo das Análises Ambientais. O tema desta tese é a silvicultura do eucalipto. A análise foi realizada em escala regional através da implantação de bases florestais por empresas de celulose na Metade Sul do Rio Grande do Sul. O objetivo é usar as possibilidades analíticas da Geografia para identificar e analisar os discursos no Campo Político, no Campo Econômico, no Campo Técnico, no Campo Social, no Campo Ambiental e no Campo Territorial. O método utilizado foi o da abordagem histórica qualitativa. As fontes de coletas de informações foram baseadas na pesquisa bibliográfica e documental, possibilitando uma análise crítica do processo. A pesquisa documental buscou notícias referentes ao tema da Silvicultura de eucalipto, no período de 1999-2009, publicadas, nos Cadernos e Seções do Jornal Zero Hora, que tratam matérias sobre Política, Economia, Ambiente, Agricultura e Informações Gerais. Estas informações foram pesquisadas e coletadas no período de 2007 a 2010, diretamente nos exemplares dos jornais, disponibilizados e acessados no Museu de Comunicação do Estado - Hipólito da Costa. As notícias selecionadas foram transcritas e resumidas para formarem uma base de dados informacionais para ser analisada nesta tese. Para relacionar e analisar os acontecimentos históricos e o discurso envolvido nas notícias, foi utilizada a proposta teórico-metodológica da Sociologia Reflexiva de Bourdieu, que associa a abordagem sociológica à abordagem linguística. As análises das notícias selecionadas demonstram que: a) O Campo Territorial é o principal motivo de atração das empresas de celulose à Metade Sul do Rio Grande do Sul; b) Nas notícias veiculadas há o predomínio das informações relacionadas ao Campo Econômico e ao Campo Ambiental; c) O Campo Econômico e o Campo Ambiental são desmembramentos do Campo Territorial em relação à questão das atividades das Empresas de Celulose presentes na Metade Sul do Estado do Rio Grande do Sul; d) As notícias veiculadas priorizam, nesta ordem, o Campo Econômico, o Campo Ambiental e o Campo Político, em detrimento ao Campo Territorial; e) Com a implantação de bases florestais com eucalipto e, por consequência, a apropriação territorial por um grupo de empresas, a Metade Sul sofre uma ação temporal – representada pela metáfora do espiral. Há mudanças cíclicas, porém, mantêm-se elementos originais, como, por exemplo, a estrutura fundiária. A estrutura fundiária é redimensionada em seus limites, são alteradas as fronteiras originais das grandes e médias fazendas, alterando-se a propriedade das terras. A nova configuração territorial forma novamente grandes e médias propriedades nas mãos de poucas empresas ou de um grupo de empresas, permanecendo a região economicamente atrelada, a uma nova monocultura; f) Existe uma tendência deste território (Metade Sul) estar sendo incluído, juntamente com territórios na Argentina e no Uruguai, em uma monopolização territorial por parte de um grupo de empresas do setor de celulose.
Abstract This research belongs to the Environmental Analysis field. The theme of this paper is the eucalyptus’s silviculture. The analysis was performed in a regional scale through the implementation of forest bases by cellulose industries in Southern Rio Grande do Sul. The goal is to use Geography’s analytical possibilities to identify and analyze in the political, economic, technical, social, environmental and territorial fields. The method used was the qualitative historical approach. Data collection sources were based on bibliographical and documental research, which enabled a critical analysis of the process. The documental research aimed at finding news referring to the eucalyptus’s silviculture theme, in the period between 1999 and 2009, published in Zero Hora newspaper sections, which has articles on Politics, Economy, Environment, Agriculture and General Information. All information was researched and collected in the period between 2007 and 2010, directly from the newspaper issues, available and accessed at the Hipólito da Costa State Communication Museum. The selected news turned into transcripts and was summarized in order to form an information database to be analyzed in this paper. To relate and analyze the historical facts and the discourse involved in the news articles, Bourdieu Reflexive Sociology’s theoretical proposal, which associates the sociological and the linguistic approaches, was used. The analysis of the selected news show that: a) the Territorial Field is the main reason why cellulose companies are attracted to Southern Rio Grande do Sul; b) In the news published there is the predominance of information related to the Economic Field and the Environmental Field; c) the Economic and the Environmental fields derive from the Territorial field when it comes to activities of cellulose industries which are present in Southern Rio Grande do Sul State; d) News published give priority, in this sequence, to the Economic field, the Environmental field and the Political field instead of the Territorial field; e) With the implementation of forest bases with eucalyptus and, consequently, the territorial appropriation by a group of industries, Southern region suffers a temporal action – represented by the spiral metaphor. There are cyclic changes; however, the original elements are maintained, as, for instance, the fundiary structure. The fundiary structure is redimensioned to its limits, the original borders of large and medium farms are altered, causing an alteration in land property as well. The new territorial configuration forms large and medium properties again, owned by a few companies or a group of companies, keeping the region economically dependent from a new monoculture; f) There is a trend that this territory (Southern region) is being included, along with areas in Argentina and Uruguay, in a monopolization of territory by a group of cellulose companies.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/36792
Arquivos Descrição Formato
000817777.pdf (7.722Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.