Repositório Digital

A- A A+

Razões da tradição : o papel do precedente na concepção arquitetônica de Lucio Costa

.

Razões da tradição : o papel do precedente na concepção arquitetônica de Lucio Costa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Razões da tradição : o papel do precedente na concepção arquitetônica de Lucio Costa
Autor Alves, Taís Maria Peixoto
Orientador Oliveira, Rogerio de Castro
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetos
Arquitetura : Teoria
Costa, Lucio
Crítica arquitetônica
Obras e projetos
Projeto arquitetônico
Resumo A presente tese tem como finalidade interpretar, criticamente, a obra escrita publicada do arquiteto Lucio Costa e investigar, como foco principal, as razões da tradição em relação ao papel crucial que o precedente assume em sua concepção arquitetônica. Para complementar as constatações, fez-se necessário analisar alguns projetos de sua autoria que continham memoriais descritivos, objetivando reconhecer a indissociabilidade entre pensamento e prática projetual em Lucio Costa. Seu trabalho escrito publicado é reconhecido por vários autores como de grande importância no contexto da inserção da arquitetura moderna no Brasil. Dessa maneira, seus textos se tornaram um marco de fundamentação teórica para a prática projetual e influenciaram diversos arquitetos que atuaram no período compreendido, aproximadamente, entre as décadas de trinta e sessenta, no País. Lucio Costa teve um papel singular nesse contexto de grandes mudanças na sociedade advindas da revolução industrial e, como consequência da mesma, o desenvolvimento de novas tecnologias construtivas. A relevância de sua atuação está, precisamente, por fundamentar suas obras (escritas e projetuais) em precedentes, já que a tendência internacional foi romper com o passado e criar obras inéditas. A tese, portanto, analisa criticamente a complexidade de seu pensamento, influenciado por fontes diversas, estruturadas em pólos opostos, através de conceitos designados por Costa entre “verdades” e “falsidades”, em relação às suas razões da tradição e o fundamental papel que o precedente adquire em sua concepção arquitetônica. A pergunta da tese é a seguinte: Quais as razões da tradição no fundamental papel que o precedente assume na concepção arquitetônica de Lucio Costa? Desse modo, este trabalho tornou-se um desafio no sentido de tentar elucidar os vários questionamentos que esse assunto provoca. Assim, a resposta para a pergunta de tese está calcada na hipótese, também, estruturada em pólos opostos, quais sejam: Entre “evolução x revolução”, entre um pensamento que se estrutura em um momento de crise e ruptura, mas que, em Costa, percebem-se indícios de razões fundamentadas na busca de conciliações, em que o precedente parece assumir esse papel, através de uma atitude de criar elos, manter permanências, naquilo que Costa considera verdadeiro, com essência, longe da superficialidade de algumas tendências mais radicais no momento de sua atuação em que prevaleceram atitudes de rompimento com o passado, Costa apresenta um pensamento enraizado em um processo de aceitação da inexorável evolução e não de revolução, ruptura com tudo que precedeu; Entre “verdade construtiva x intenção plástica”, há evidências sobre as possíveis razões que Costa tentará apresentar sobre a interdependência entre construção e forma plástica resultante, ao distinguir o “verdadeiro estilo” do “falso estilo”, cuja função do “verdadeiro estilo”, além de conciliar o momento de crise, seria fundamentar a criação arquitetônica na busca de uma arquitetura de excelência (verdadeira arquitetura), baseada no estudo de precedentes (verdadeiros estilos) que, imprescindivelmente, possuam essa interdependência relacionada à “verdade construtiva”. Nesse ponto, observam-se argumentos baseados na razão e na emoção de Costa, quando o autor acrescenta a esses precedentes outros atributos que, para serem considerados verdadeiros, também devem possuir uma “intenção plástica” em sua essência compositiva e a indagação gerada por essa constatação está precisamente no fato que como se determina a qualidade dessa intenção para poder validar suas verdades?; Entre “razão x emoção”, que são os indícios que levam a verificar certos equívocos em suas argumentações teóricas, pois quando Costa apresenta os seus argumentos sobre a “verdade construtiva”, tais argumentos são passíveis de serem comprovados racionalmente, portanto, estariam ligados à razão. Porém, quando o mesmo tenta explicar a expressão “intenção plástica”, abre oportunidades para questionamentos, pois seus argumentos começam a se estruturar na seara da irracionalidade, que dependem da emoção de quem interpretará a obra de arte. Nessa última constatação, verifica-se que entre razão e emoção, sob pólos opostos, que estruturaram o pensamento de Costa sobre o papel do precedente na sua concepção arquitetônica, seriam possivelmente as razões da tradição.
Abstract This thesis aims to elaborate a critical interpretation of the written work published by architect Lucio Costa. The main focus of this study is to investigate the reasons of the tradition regarding the crucial role that the precedent assumes in his architectural conception. To complement the observations, it was necessary to analyze some projects of his own, which contained descriptive memorials, aiming to recognize the indissolubility between thinking and projectual practice in Lucio Costa. His published written work is recognized by several authors as of great importance in the context of insertion of the modern architecture in Brazil. Thus, his texts have become a reference in theoretical foundation for projectual practice, and they influenced several architects who worked in the country during the period corresponding approximately between the thirties and the sixties. Lucio Costa had a relevant and remarkable role in this context of great changes in society brought by the industrial revolution, and as a result of it, promoting the development of new constructive technologies, for precisely basing his works (written and projectual), in precedents, since the international tendency was to break up with the past and create original works. Therefore, the thesis critically analyzes the complexity of his thinking, which was influenced by varied sources, structured in opposite poles, through concepts and pre-concepts classified by Costa as “truths” and “untruths”, respectively, concerning his reasons of the traditions and the fundamental role that the precedent acquires in his architectural conception. The thesis question is the following: What are the reasons of the tradition in the fundamental role that the precedent assumes in Lucio Costa’s architectural conception? Thereby, this work has become a challenge in the sense of attempting to elucidate the several questions this issue raises. Thus, the answer to the thesis question is based on the hypothesis, also structured in opposite poles, which are as follows: Between “evolution x revolution”, between a thinking that is structured in a moment of crisis and rupture, but that in Costa, indications of reasons are perceived which are based on the search for conciliations in which the precedent seems to assume this role through an attitude of creating links, maintaining permanences, in what Costa considers true, in essence, and away from the superficiality of some tendencies which were more radical in the period of his working when revolutionary attitudes prevailed, Costa presents a thinking rooted in a process of acceptance of the relentless evolution, and not of revolution, rupture with everything that preceded; Between “constructive truth x plastic intention”, there is evidence about the possible reasons that Costa will attempt to present about the interdependence between construction and resulting plastic form, by distinguishing the “true style” from the “false style”, whose function of the “true style”, besides conciliating the moment of crisis, would be to underlie the architectural creation searching for an architecture of excellence (true architecture), based on the study of precedents (true styles), which essentially possess this interdependence related to the “constructive truth”, where at this point, arguments based on the reason and on the emotion of Costa are observed, when the author adds to these precedents other attributes, which to be considered true, should also possess a “plastic intention” in their composition essence, and the inquiry generated by this observation is precisely in the fact that how the quality of this intention is determined so as to validate their truths?; Between “reason x emotion”, which are the indications that lead to verifying certain misunderstandings in his theoretical argumentations, because when Costa presents his arguments about the “constructive truth”, such arguments are doable of being proved rationally, therefore, they would be linked to reason. However, when he attempts to explain the expression “plastic intention”, he opens opportunities for questionings, since his arguments start to structure themselves in the field of irrationality, which depend on the emotion of whom will interpret the work of art. Regarding this latter observation, it is verified that between reason and emotion, in opposite poles, which structure Costa’s thinking about the role of the precedent in his architectural conception, they would possibly be the reasons of the reasons of the tradition.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/36817
Arquivos Descrição Formato
000818801.pdf (7.567Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.