Repositório Digital

A- A A+

Campus da Universidade Federal de Santa Maria : um testemunho, um fragmento

.

Campus da Universidade Federal de Santa Maria : um testemunho, um fragmento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Campus da Universidade Federal de Santa Maria : um testemunho, um fragmento
Outro título Campus of the Federal University of Santa Maria: a testimony, a fragment
Autor Zampieri, Renata Venturini
Orientador Machado, Andréa Soler
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura moderna : Brasil
Campus universitario
Universidade Federal de Santa Maria, Edifício (Santa Maria, RS)
[en] Brazilian architecture
[en] Federal University of Santa Maria
[en] Modern architecture
[en] University campus
Resumo Em 14 de dezembro de 1960, um importante fato marcaria a história do município de Santa Maria, interior do estado do Rio Grande do Sul, e do ensino superior brasileiro. É a fundação da primeira universidade em uma cidade sem o status de capital, a Universidade Federal de Santa Maria, uma instituição inicialmente conformada pela reunião das faculdades então existentes no município. A partir da consolidação da Universidade, decide-se pela concentração de suas instalações em um campus universitário projetado especificamente para este fim. A criação da UFSM está inserida em um período de consolidação da arquitetura moderna brasileira, momento no qual esta já se tornara artifício para a conformação de uma imagem de renovação representativa do poder público. A cidade universitária de Santa Maria é concebida como território moderno, utilizado como representação do ideal de um tempo, consolidando um avanço em termos tecnológicos, arquitetônicos e sociais. Projetada pelos arquitetos mineiros radicados no Rio de Janeiro, Oscar Valdetaro e Roberto Nadalutti, no início da década de 60, o campus da UFSM configura-se como uma mini cidade moderna, é uma reprodução das ideias do urbanismo moderno da Carta de Atenas, e reproduz consagrados projetos urbanos de Le Corbusier e Lucio Costa. Utiliza noções de monumentalidade, hierarquia, separação funcional, organização das edificações em cidade-parque, e adoção de tipologias padrão para programas repetidos e soluções diversificadas para programas específicos. É a criação, evolução e consolidação deste campus universitário, os acontecimentos que levaram à concretização deste como tal, e as consequências de sua implantação; que são abordados nesta dissertação. O objetivo principal, na realidade, é levar ao conhecimento do público geral e específico este testemunho de importante período de nossa arquitetura nacional, e fragmento de cidade moderna ainda resistente, para a consolidação de um pensamento de preservação deste objeto arquitetônico.
Abstract On December 14, 1960, an important fact marked the history of the city of Santa Maria, in the state of Rio Grande do Sul, Brazil; and of the Brazilian higher education. It is the establishment of the first federal university in a city without the status of a Capital, the Federal University of Santa Maria (UFSM), an institution initially generated by the reunion of the existing colleges in the city. When the University was consolidated, it was decided by the concentration of its facilities in a campus projected specifically for this purpose. The conception of UFSM is inserted in a period of consolidation of the Brazilian modern architecture, moment when the modern architecture had already become artifice for the production of the image of the renovation of the government. The campus of Federal University of Santa Maria is projected as a modern territory, and is used as the representation of the ideal of a time, representing the technological, architectural, and social development. Projected by the architects Oscar Valdetaro and Roberto Nadalutti in the beginning of the sixties, UFSM’s campus configures itself as a little modern city, being the representation of the Athens Charter’s ideas of the modern urbanism and reproducing important urban projects of Le Corbusier and Lucio Costa. The campus uses the notion of monumentality, hierarchy, functional separation, edifications organized in a city-park, and adoption of standard typology for repeated programs and diversified solutions for specific programs. The creation, evolution and consolidation of this university campus, the events that made this possible, and the consequences of its completion; are analyzed in this paper. The main objective, in reality, is to inform the general and the specific public about this testimony of an important period of our national architecture, a remaining fragment of a modern city, for the consolidation of a thought of preservation of this architectural object.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/36824
Arquivos Descrição Formato
000818034.pdf (15.41Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.