Repositório Digital

A- A A+

Adenomas da hipofise : estudo imuno-histoquimico de 167 casos

.

Adenomas da hipofise : estudo imuno-histoquimico de 167 casos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Adenomas da hipofise : estudo imuno-histoquimico de 167 casos
Outro título Pituitary adenomas : immunohistochemical study of 167 cases
Autor Barbosa-Coutinho, Ligia Maria
Antunes, A.C.M.
Azambuja, Ney
Geyer, Geraldo Resin
Ferreira, Nelson Pires
Lopes, N.M.M.
Reichel, Carlos Luiz
Zettler, C.L.
Gross, Jorge Luiz
Resumo Foram analisados 167 casos de adenomas da hipófise pelo método imuno-histo-¬ químico utilizando o Complexo da Avidina Biotina (ABC) descrito por Hsu e col. (1981). Foram usados 6 anti-hormônios hipofisários: anti-prolactina (aPRL), na diluição de 1:1.500, anti-hormônio do crescimento (aHGH), na diluição de 1:4.000, anti-hormônio adrenocortico-¬ trófico (aACTH), na diluição de 1:3.000, anti-hormônio tireotrófico (aTSH), na diluição de 1:3.000, anti-hormônio luteinizante (aLH), na diluição de 1:1.000, anti-hormônio folículo estimulante (aFSH), na diluição de 1:300. O período de incubação foi de 14 a 16 horas a 4oC. Foi realizada também a coloração pelo Orange G-PAS. O levantamento dos dados clínicos, laboratoriais, e radiológicos dos casos de adenomas da hipófise foi realizado após a leitura das lâminas pelo método imuno-histoquímico. Dos 167 casos de adenomas da hipófise, 136 (81,4%) mostraram imuno-reação positiva a um ou mais anti-hormônios, variando o índice de positividade entre 1 e 90% das células neoplásicas. A imuno-reação foi positiva exclusivamente a um anti-hormônio em 80 casos (58,8%) e para dois ou mais anti-hormônios nos 56 casos restantes (41,2%), sendo a associação mais freqüentemente encontrada aquela em aue a positividade ocorreu para o a P R L e o aHGH. A positividade à reação imuno-his-¬ toquímica distribuiu-se da seguinte forma: 100 casos foram positivos para o aPRL, em 49 pacientes de forma isolada; 65 casos foram positivos para o aHGH, em 22 pacientes de forma isolada; 31 casos foram positivos para o aACTH, em 8 pacientes de forma isolada; 5 casos foram positivos ao aTSH, em um paciente de forma isolada; um paciente apresentou adenoma positivo ao aLH; um caso foi positivo ao aFSH
Abstract One hundred and sixty seven cases of pituitary adenoma were analysed using the immunocytochemical method of the Avidin-Biotin Complex (ABC), described by Hsu et al. (1981). Six pituitary anti-hormones were utilized: anti-prolactin (aPRL») at a 1:1,500 dilution; anti-growth hormone (aHGH) at a 1:4,000 dilution; anti-adrenocorticotro-¬ phic hormone (aACTH) at a 1:3,000 dilution; anti-thyrothrophic hormone (aTSH) at a 1:3,000 dilution; anti-luteinizing hormone (aLH) at a 1:1,000 dilution; and a anti_follicle-¬ -stimulating hormone (aFSH) at a 1:300 dilution. Incubation period was 14 to 16 hours at 4°C. The survey of clinical, laboratory and radiological data of cases of pituitary adenomas was performed (after reading- the stained slides using the immunocytochemical method. Of the 167 cases of pituitary adenomas, 136 (81,4%) disclosed a positive immuno-¬ reaction to one or more anti-hormones, and the positivity index of neoplastic cells varied from 1 to 90%. The immunoreaction was positive exclusively to one anti-hormone in 80 cases (58,8%) and to two or more anti-hormones in 56 cases, and the association most frequently found was between both aPRL and aHGH. The positivity to the immunoreaction was distributed as follows; — 100 cases were positive por aPRL, exclusively in 49 cases; — 65 cases were positive for aHGH, exclusively in 22 cases; —• 31 cases were positive for aACTH, exclusively in 8 cases; — 5 cases were positive for aTSH, exclusively in one case; — one patient presented an adenoma positive to aLH and another patient to aFSH.
Contido em Arquivos de neuro-psiquiatria. São Paulo. Vol. 47, n. 3 (1989), p. 308-312
Assunto Adenoma
Estudos retrospectivos
Hipófise
Imunohistoquímica
Neoplasias hipofisárias
Patologia
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/37280
Arquivos Descrição Formato
000061350.pdf (267.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.