Repositório Digital

A- A A+

Sight-dependent quality of life and ophthalmic findings in a group of Brazilian patients with multiple sclerosis=Qualidade de vida visual e achados oftálmicos em um grupo de pacientes brasileiros com esclerose múltipla

.

Sight-dependent quality of life and ophthalmic findings in a group of Brazilian patients with multiple sclerosis=Qualidade de vida visual e achados oftálmicos em um grupo de pacientes brasileiros com esclerose múltipla

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sight-dependent quality of life and ophthalmic findings in a group of Brazilian patients with multiple sclerosis=Qualidade de vida visual e achados oftálmicos em um grupo de pacientes brasileiros com esclerose múltipla
Outro título Qualidade de vida visual e achados oftálmicos em um grupo de pacientes brasileiros com esclerose múltipla
Autor Fragoso, Yára Dadalti
Nosé, Ricardo Menon
Nosé, Regina Aidar Menon
Nosé, Walton
Vieira, Simone
Finkelsztejn, Alessandro
Resumo Objetivo: Avaliar a qualidade de vida visual de pacientes com esclerose múltipla (EM) e observar se este parâmetro pode ser relacionado aos achados do exame oftalmológico. Método: O questionário traduzido e validado 25-Item National Eye Institute Visual Function Questionnaire (VFQ-25) foi utilizado para avaliar a qualidade de vida visual. Dados clínicos da EM, acuidade visual, campo visual, tomografia de coerência óptica (OCT) e escavação do disco foram utilizados para correlação com VFQ-25. Resultados: A média do VFQ-25 foi 78,6±18,2% em 27 pacientes. VFQ-25 não se correlacionou com a idade dos pacientes, com a incapacidade (EDSS), duração da doença ou medicação em uso. A acuidade visual mostrou uma correlação relativamente pobre (<60%) com VFQ-25, enquanto não foi observada nenhuma correlação entre campo visual, OCT e escavação de disco com VFQ-25. Conclusão: Pacientes com EM apresentam diversas alterações oculares e na visão que não podem ser avaliadas por medidas isoladas. O exame oftalmológico destes pacientes deve incluir parâmetros que não são habitualmente utilizados em consultas oftalmológicas padronizadas.
Abstract Objective: To assess the visual quality of life in patients with multiple sclerosis (MS), and to observe whether this parameter could be correlated to the findings of the ophthalmologic examination. Method: The translated and validated 25-Item National Eye Institute Visual Function Questionnaire (VFQ-25) was used to assess the visual quality of life. Clinical data on MS, visual acuity, visual fields, optic coherence tomography (OCT) and disc cupping were used for assessing correlation with VFQ-25. Results: The mean VFQ-25 value was 78.6±18.2% in 27 patients. VFQ-25 did not correlate with patients’ ages, with disability (EDSS), disease duration or medication use. Visual acuity showed a relatively poor (<60%) correlation to VFQ-25, while no correlation could be established between visual fields, OCT and disc cupping with VFQ-25. Conclusion: MS patients present several alterations in their eyes and sight that cannot be assessed by isolated measures. Ophthalmological examination of these patients must include many parameters not usually used in standard ophthalmologic consultations.
Contido em Arquivos de neuro-psiquiatria. São Paulo. Vol. 69, n. 5 (2011), p. 809-813
Assunto Acuidade visual
Esclerose múltipla
Oftalmologia
Qualidade de vida
Tomografia de coerência óptica
[en] multiple sclerosis
[en] ophthalmology
[en] optic coherence tomography
[en] quality of life
[en] visual acuity
[en] visual fields
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/37292
Arquivos Descrição Formato
000816446.pdf (1.552Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.