Repositório Digital

A- A A+

Preventing intraperitoneal adhesions with vitamin E and sodium hyaluronate/carboxymethylcellulose : a comparative study in rats

.

Preventing intraperitoneal adhesions with vitamin E and sodium hyaluronate/carboxymethylcellulose : a comparative study in rats

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Preventing intraperitoneal adhesions with vitamin E and sodium hyaluronate/carboxymethylcellulose : a comparative study in rats
Outro título Prevenção de aderências intraperitoneais com vitamina E e hialuronato de sódio/carboximetilcelulose : estudo comparativo em ratos
Autor Corrales, Fredy
Corrales, Marcelo Puerari
Schirmer, Carlos Cauduro
Resumo Objetivo: Comparar a efetividade da Vitamina E e da membrana de Carboximetilcelulose/Hialuronato de Sódio (CBMC/HA) na prevenção da formação de aderências intraperitoneais pós-operatórias. Métodos: Sessenta ratos Wistar foram submetidos à laparotomia para indução de aderências (IA) com abrasão do ceco seguido de aplicação de álcool absoluto e sutura com fio de seda no peritônio parietal. Os animais foram divididos em quatro grupos: 1 controle ( IA ); 2 ( IA + Vitamina E ); 3( IA + CBMC/HA ) e 4 ( IA + Vitamina E + CBMC/HA ). A Vitamina E ( grupos 2 e 4 ) e CBMC/HA ( grupos 3 e 4 ) foram administrados intraperitonealmente antes do fechamento da parede. Os ratos foram sacrificados em 30 dias e as aderências foram classificadas por cirurgião independente. Resultados: Três animais morreram, sendo um do grupo 3 e dois do grupo 4. Todos os animais do grupo controle ( 1 ) tiveram aderências substanciais, comparados com aderências insubstanciais em 11/15 no grupo 2 ( p = 0,000 ), 11/14 no grupo 3 ( p = 0,001 ) e 10/13 no grupo 4 ( p = 0,000 ). Conclusão: A Vitamina E administrada de maneira intraperitoneal é tão eficaz quanto a CBMC/HA na prevenção da formação de aderências pósoperatórias.
Abstract Purpose: To compare the effectiveness of intraperitoneally administered vitamin E with the sodium hyaluronate/ carboxymethylcellulose membrane (HA/CBMC) in preventing postoperative intraperitoneal adhesion formation. Methods: Sixty Wistar rats underwent a laparotomy and adhesions were induced (IA). The animals were divided into four groups: group 1, control (IA); group 2 (IA + Vitamin E): group 3 (IA+HA/CBMC) and group 4 (IA+ Vitamin E + HA/CBMC). The Vitamin E (groups 2 and 4) and HA/CBMC (groups 3 and 4) were administered intraperitoneally before the abdominal wall was closed. After 30 days, adhesions were classified by an independent surgeon. Results: Three animals died; one from group 3 and two from group 4. All control animals had substantial adhesions compared with unsubstantial adhesions observed in 11/15 in group 2 (P = 0.000), 11/14 in group 3 (P = 0.001), and 10/13 in group 4 (P = 0.000). Conclusion: Vitamin E, administered intraperitoneally, is as effective as HA/CBMC in preventing postoperative adhesions.
Contido em Acta cirúrgica brasileira. São Paulo. Vol. 23, n. 1 (2008), p. 36-41
Assunto Carboximetilcelulose sódica
Ratos
Vitamina E
[en] Adhesions
[en] Carboxymethylcellulose
[en] Rats
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/37321
Arquivos Descrição Formato
000791989.pdf (127.3Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.