Repositório Digital

A- A A+

Fatores que influenciam na permanência das pessoas na empresa : dois estudos de casos : uma empresa moveleira e uma empresa metalúrgica

.

Fatores que influenciam na permanência das pessoas na empresa : dois estudos de casos : uma empresa moveleira e uma empresa metalúrgica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores que influenciam na permanência das pessoas na empresa : dois estudos de casos : uma empresa moveleira e uma empresa metalúrgica
Autor Marcon, Silvana Regina Ampessan
Orientador Piccinini, Valmiria Carolina
Data 1998
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Organização do trabalho : Relacoes humanas : Cultura organizacional : Poder : Estudo de caso : Industria moveleira : Industria metalmecanica : Sao marcos-RS
Resumo Estudo exploratório realizado em duas organizações de natureza diversa, com o objetivo de identificar os fatores que interferem na permanência das pessoas na empresa. As relações de trabalho, a cultura e o poder foram as categorias centrais da análise. As conclusões advêm dos dados obtidos pelas 87 entrevistas com funcionários das empresas A (setor moveleiro) e da empresa B (setor metal mecânico) acerca do modo como percebem: a organização e o relacionamento entre as pessoas; benefícios oferecidos; o processo de produção e aspectos da cultura/ álém das relações de poder com o intuito de verificar a influência destes aspectos na permanência das pessoas na empresa. Os resultados revelam que, mesmo em tratando de organizações de natureza, processo produtivo, cultura e relações de poder diferentes, um número considerável de funcionários nelas permanece por um tempo superior a quatro anos. Na empresa B, o que justifica a permanência são os vários benefícios oferecidos, os quais satisfazem as necessidades básicas de sobrevivência e na empresa A a valorização das pessoas e os benefícios oferecidos são aspectos relevantes para sua permanência na organização.
Abstract Exploratory study carried out in two different natured organizations, with the purpose to identify the factors which interfere in the permanence of employees in the company. Central categories of analisys were the work relations, the culture and power. The conclusions come from data obtained through 87 interviews with employees from company A (furniture sector) and from company B (metal mechanic sector) about the way they perceive: the organization and personal relationship; benefits offered; production process and culture: besides the power relations with the purpose to check the influence of these aspects in the permanence of people in the company. The results show that, even being different natured organizations, with diverse production process, culture and power relations, a considerable number of employees stay with the companies for over four years. In company B, the several offered benefits, which satisfy basic survival needs, justify the permanence in it, and in company A, besides the offered benefits, people appreciation, are relevant aspects for the permanence of people in the organization.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/37328
Arquivos Descrição Formato
000234629.pdf (3.530Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.