Repositório Digital

A- A A+

Utilização de zeólitas como adsorvente no tratamento terciário de efluentes líquidos provenientes de indústrias de processamento de leite

.

Utilização de zeólitas como adsorvente no tratamento terciário de efluentes líquidos provenientes de indústrias de processamento de leite

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilização de zeólitas como adsorvente no tratamento terciário de efluentes líquidos provenientes de indústrias de processamento de leite
Autor Netto, Daiane
Orientador Souza, Michele Oberson de
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química Industrial.
Assunto Tratamento de efluentes
Zeolitas
Resumo Atualmente observa-se uma crescente fiscalização pelos órgãos regulamentadores relativo à poluição do meio ambiente por descarte de efluentes industriais, sendo que essas ações contam com o apoio da população. Paralelamente e também em conseqüência disso, a preocupação por parte das empresas vem aumentando quanto à conservação dos recursos ambientais e níveis mínimos de poluição. As indústrias de processamento de leite contribuem de forma significativa para o desenvolvimento econômico. Grandes volumes de água são utilizados nos processos destas indústrias que correspondem a efluentes com altos valores de carga orgânica e com compostos contendo nitrogênio e fósforo, hoje em dia, na sua grande maioria liberados sem tratamento de despoluição específica. Os compostos de nitrogênio e fósforo merecem atenção especial no tratamento, pois são poluentes de difícil remoção e necessitam de um tratamento especifico para sua retirada, sendo esta geralmente ausente em industrias de alimentos de pequeno e médio porte. Considerando esta problemática e também a legislação vigente neste âmbito, este Projeto Tecnológico tem como objetivo sugerir um tratamento complementar do efluente, visando a introdução de tecnologias mais limpas e de menores investimentos financeiros para estas indústrias, para a remoção de compostos nitrogenados, mais especificamente íons amônio. O método sugerido é o de adsorção, utilizando zeólitas como material adsorvente. O processo consiste basicamente em duas colunas de adsorção, instaladas no final da Estação de Tratamento de Efluentes das indústrias. Resoluções do CONSEMA exigem que o nível máximo de amônia nos efluente tratado seja de 20 mg/L. Estudos publicados em revistas internacionais especializadas comprovam que o método proposto é capaz de eliminar até 61% da amônia contida no efluente inicial, sendo desta forma, eficiente e viável economicamente.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37336
Arquivos Descrição Formato
000821118.pdf (2.639Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.